Ministério da Cultura divulga os 16 filmes que buscarão uma vaga no Oscar 2017

Publicado em 05/09/2016 - 21:10 Por Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O Ministério da Cultura divulgou hoje (5) os filmes brasileiros que buscarão uma chance de participar do Oscar 2017. Ao todo 16 títulos estão inscritos para a seleção. De acordo com a pasta, o número é quase o dobro do ano passado, quando nove filmes participaram do processo.

Pedro Gomes/TV Brasil

O filme escolhido será anunciado no dia 12 de setembro, em cerimônia na Cinemateca Brasileira, em São PauloPedro Gomes/TV Brasil

Uma comissão especial vai analisar os filmes e escolher um para representar o país na disputa por uma vaga entre os candidatos a melhor filme em língua estrangeira. O resultado será anunciado no dia 12 de setembro, em cerimônia na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. O filme selecionado ainda passará pelo processo seletivo da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação norte-americana, para então conquistar uma vaga entre os indicados ao Oscar.

Os longa-metragens que participarão da seleção são:

A Despedida, de Marcelo Galvão;
Mais Forte que o Mundo, de Afonso Poyart;
O Outro Lado do Paraíso, de André Ristum;
Pequeno Segredo, de David Schurmann;
Chatô – O Rei do Brasil, de Guilherme Fontes;
Uma Loucura de Mulher, de Marcus Ligocki Júnior;
Aquarius, de Kleber Mendonça Filho;
Nise – O Coração da Loucura, de Roberto Berliner;
Vidas Partidas, de Marcos Schetchman;
O Começo da Vida, de Estela Renner;
Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil, de José Belisario Cabo Penna Franca;
Tudo que Aprendemos Juntos, de Sérgio Machado;
Campo Grande, de Sandra Kogut;
A Bruta Flor do Querer, de Andradina Azevedo e Dida Andrade;
Até que a Casa Caia, de Mauro Giuntini;
O Roubo da Taça, de Caito Ortiz

Segundo o Ministério da Cultura, o filme A Hora e a Vez de Augusto Matraga, de Vinícius Coimbra, foi inabilitado por ter sido lançado fora do período exigido pela academia norte-americana, de 1° de outubro de 2015 a 30 de setembro de 2016.

A comissão especial que selecionará o possível candidato à seleção para o Oscar é formada pelos integrantes das diversas etapas da cadeia produtiva do audiovisual: Adriana Scorzelli Rattes; Luiz Alberto Rodrigues; George Torquato Firmeza; Marcos Petrucelli; Paulo de Tarso Basto Menelau; Silvia Maria Sachs Rabello; Sylvia Regina Bahiense Naves; Carla Camurati e Bruno Barreto.

Anos anteriores

Nas últimas edições, os filmes brasileiros selecionados para concorrer à indicação foram: Que Horas ela Volta?, de Anna Muylaert (2016); Hoje eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro (2015); O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (2014); O Palhaço, de Selton Mello (2013); Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora É Outro, de José Padilha (2012); Lula, o Filho do Brasil, de Fábio Barreto (2011); Salve Geral, de Sérgio Rezende (2010); Última Parada 174, de Bruno Barreto.

A última vez que um filme selecionado pelo Brasil foi indicado ao Oscar de filme estrangeiro foi em 1999. O filme foi Central do Brasil, de Walter Salles, que não ganhou o prêmio. Em 2004, Cidade de Deus (2002), de Fernando Meirelles, recebeu quatro indicações, mas não de melhor filme estrangeiro. A produção foi indicado a melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor fotografia

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cúpula da bomba atômica durante cerimônia para marcar o 75º aniversário do bombardeio atômico em Hiroshima.
Geral

Hiroshima: primeiro ataque com bomba atômica completa 75 anos

Hiroshima foi destruída após o primeiro ataque nuclear da história durante a Segunda Guerra Mundial. Três dias depois os Estados Unidos bombardearam Nagazaki.

.facebook
Internacional

Facebook remove postagem de Trump por desinformação sobre covid-19

Porta-voz do facebook diz que vídeo postado inclui afirmações falsas, o que é uma violação de sua política sobre desinformações prejudiciais

Polícia Federal genérica
Geral

PF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Alvos são empresários e agentes públicos suspeitos de fazer contratações irregulares para serviços na área da saúde. Três pessoas já foram presas, segundo a Polícia Federal.

Teste rápido de COVID-19
Internacional

Coreia do Norte: 1º caso suspeito de covid-19 teve teste inconclusivo

Se confirmado, o caso seria o primeiro oficialmente reconhecido por autoridades norte-coreanas, embora a mídia reafirme que nenhuma infecção foi relatada no país até agora.

Incêndios florestais no DF
Geral

Defesa Civil reconhece situação de emergência em municípios de MS

Medida publicada hoje em portaria no Diário Oficial da União inclui os municípios de Corumbá e Ladário. Incêndios florestais atingem algumas regiões de Mato Grosso do Sul.

Times Square, permanece relativamente tranquilas devido ao surto contínuo da doença por coronavírus (COVID-19) no bairro de Manhattan em Nova York
Internacional

Nova York reforça fiscalização de quarentena

O prefeito Bill de Blasio disse, em entrevista, que, em certas circunstâncias, as multas por não observar a ordem de quarentena podem chegar a US$ 10 mil.