Tênis: Federação nega rumores sobre adiamento do Australian Open

Especulações falam sobre novas datas para primeiro Grand Slam de 2021

Publicado em 21/11/2020 - 15:14 Por Amlan Chakraborty - Londres

A Tennis Australia (Federação Australiana de Tênis) rejeitou neste sábado (21) notícias afirmando que o início do Australian Open seria adiado de janeiro para fevereiro ou março do próximo ano por causa dos protocolos para combate ao novo coronavírus (covid-19) no país.

O jornal Herald Sun publicou que o primeiro Grand Slam do ano corria risco de ser adiado enquanto os organizadores discutiam acordos de quarentena com o governo do estado de Victoria.

“É pura especulação”, disse um porta-voz da Tennis Australia.

“No início da semana, nós [dissemos] como continuamos a trabalhar em estreita colaboração com o governo de Victoria e atualizaremos com mais informações o mais rápido possível, e não há nenhuma atualização disso no momento”, declarou.

A matéria citou o premier de Victoria, Daniel Andrews, dizendo que estava “muito confiante” em hospedar o Grand Slam, mas pontuando que o momento e os preparativos exatos ainda não tinham sido acertados.

A Tennis Australia planejou que os jogadores e seus acompanhantes chegassem a Victoria em meados de dezembro para realizarem um período obrigatório de quarentena de duas semanas antes de competirem em Melbourne em janeiro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias