Bragantino vence Atlético-GO e sobe na tabela do Brasileiro

Massa Bruta faz 2 a 0 com gols de Ytalo e do artilheiro Claudinho

Publicado em 03/02/2021 - 21:51 Por Juliano Justo - Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional - São Paulo - São Paulo

O Bragantino fez 1 a 0 no Atlético Goianiense na noite desta quarta-feira (3), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Com os três pontos obtidos na partida válida pela 34ª rodada do Brasileiro, a equipe do técnico Maurício Barbieri chegou aos 47, alcançou quatro vitórias nos últimos cinco jogos e pulou para o 8º lugar. Enquanto isso, o Dragão ficou na 13ª posição com 45 pontos. Os gols da noite foram marcados pelo atacante Ytalo, aos 10 da etapa final, e pelo meia Claudinho, que completou 100 jogos pela equipe do interior de São Paulo, aos 48 minutos de pênalti.

No primeiro tempo, o Atlético Goianiense chegou a marcar aos 35. Depois do escanteio, Éder cabeceou e o volante Marlons Freitas mandou para a rede. Mas estava impedido. Com auxílio do VAR, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior confirmou a irregularidade. Aos 45, o centroavante Ytalo já poderia ter marcado para o Bragantino. Ele dominou, girou em cima do zagueiro João Victor e bateu forte. Jean defendeu.

No segundo tempo, o jogo foi ainda mais aberto. Logo aos quatro, Welligton Rato ia ficar de frente para o gol depois de rápido contra-ataque do Dragão, mas o goleiro Cleiton estava atento, se antecipou ao lance e salvou o Bragantino. Depois, aos 10 minutos, veio o gol dos donos da casa. Aos 12, Welligton Rato por muito pouco não empatou. Depois foi a vez dos paulistas enfileirarem chances. Aos 14 e aos 23, o atacante Arthur perdeu boas oportunidades. Aos 24, o lateral-esquerdo Edimar isolou em chute bem próximo ao gol dos goianos. Aos 25, foi a vez do volante Ricardo Ryller mandar para fora e perder grande chance. Aos 27, Arthur desperdiçou outra bela chance.

Na sequência desse bombardeio do Bragantino, o Atlético conseguiu chegar. Welligton Rato pegou bem de fora da área e a bola passou raspando a trave. Aos 41, o meia argentino Cuello quase marcou o segundo do Massa Bruto e, aos 44, Bruno Tubarão obrigou o goleiro Jean a fazer um milagre. Para fechar o jogo, o árbitro marcou pênalti quando a bola bateu na mão do volante Rithely do Atlético Goianiense dentro da área. Cláudinho bateu muito bem e fechou o placar aos 48. Com mais esse, o meia chegou aos 17 gols marcados no campeonato e se isolou na artilharia.

O próximo compromisso do Bragantino será no domingo (7), quando a equipe paulista vai receber o Flamengo. Na quarta-feira (10), o Atlético visita o Corinthians em São Paulo.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Carol Jardim

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias