Tenista tcheca deixa Austrália após problemas com visto

Renata Voracova não tomou vacina para o novo coronavírus

Publicado em 08/01/2022 - 16:05 Por Jason Hovet - Praga (República Tcheca)

A tenista tcheca Renata Voracova deixou a Austrália neste sábado (8), informou o Ministério das Relações Exteriores da República Tcheca, após complicações com o seu visto por causa do tratamento dado às isenções de vacinação para o novo coronavírus (covid-19) no país.

Voracova se juntou ao número um do tênis masculino Novak Djokovic na detenção de imigração australiana na última quinta-feira (6), apesar de já ter sido autorizada a entrar no país e jogar uma partida antes de ter seu visto cancelado.

Ao mesmo tempo em que Djokovic contestava o cancelamento do visto, Voracova, uma especialista em duplas de 38 anos, decidiu ir embora, dizendo ao site de notícias tcheco idnes.cz que não contestaria a decisão por causa do tempo que levaria para esperar e por não poder treinar para o Aberto da Austrália ainda este mês.

“[Renata] Voracova deixou a Austrália neste sábado com base em sua própria decisão de encerrar sua participação no torneio devido a complicações com seu visto”, informou o ministério tcheco.

“A decisão não foi baseada em sua expulsão do país”, disse o site.

O ministério acrescentou que aguarda uma resposta das autoridades australianas a uma nota diplomática enviada na sexta-feira.

Voracova não foi vacinada, mas teve uma isenção após ser contaminada pelo novo coronavírus antes do Natal, na época em que ela planejava ser vacinada após o final da temporada passada, disse a jogadora ao site.

Ela entrou no país e jogou em Melbourne no início desta semana, antes do Aberto da Austrália, mas foi detida no mesmo hotel que Djokovic.

Últimas notícias