Central do Brasil terá vacinação contra febre amarela

Publicado em 18/02/2019 - 12:29 Por Vinícius Lisboa – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro promove de hoje até quinta-feira (21) campanha para vacinação contra a febre amarela na Central do Brasil, estação terminal dos trens da Supervia no centro da capital fluminense.

A expectativa é que cerca de 500 pessoas sejam vacinadas no local. O posto de vacinação funcionará das 8h às 13h e contará com 12 profissionais para o atendimento à população.

Para ajudar a elever a imunização contra a doenaç no estado, que hoje é de 73% da meta, a campanha vai passar por 35 pontos do Rio.

De 25 a 28 de fevereiro, outro posto de vacinação será montado na Praça 15, também no centro da capital. A partir de março, tanto a Praça 15 quanto a Central do Brasil terão postos fixos de vacinação contra a febre amarela.

Também a partir de março haverá postos itinerantes em outros pontos do estado, comoo Calçadão de Bangu, a Praça das Nações, Rodoviária de Campo Grande, Shopping Nova América, Calçadão de Nova Iguaçu, Rodoviária Novo Rio, Ceasa e Mercado São Pedro. A ação vai até 30 de maio.

Público

O objetivo do governo é vacinar mais 4 milhões de pessoas para atingir 95% do público-alvo. Até o momento, 11 milhões de pessoas já foram imunizadas no estado do Rio de Janeiro. A vacina é contra-indicada para bebês menores de nove meses, pessoas com contraindicações especiais (pacientes imunodeprimidos, com doenças hematológicas graves, entre outras) e grávidas.

Além dos postos montados para reforçar a imunização, o cidadão pode procurar os postos municipais de saúde, que aplicam a vacina o ano inteiro.

O Brasil não registra casos de febre amarela urbana desde a década de 1940, mas, no ano passado, a febre amarela silvestre causou 84 mortes no estado do Rio. Foram registrados 262 casos. Os principais sintomas da doença são dor de cabeça, febre, amarelamento da pele, dores musculares e nas articulações, náuseas e indisposição.

A diferença entre a febre amarela silvestre e urbana é a forma de transmissão. Enquanto a silvestre é transmitida por mosquitos do gênero Haemagogus e Sabeths, a febre amarela urbana é transmitida pelo Aedes aegypti, mesmo vetor da dengue.

A Secretaria Estadual de Saúde destaca ainda que é importante lembrar que os macacos não transmitem febre amarela. Quando adoecem e morrem ao ser picados pelos mosquitos transmissores da doença, eles servem de alerta para que pesquisadores identifiquem a circulação do vírus em determinada área.

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Soccer Football - Brasileiro Championship - Palmeiras v Corinthians - Pacaembu Stadium, Sao Paulo, Brazil - November 9, 2019   Palmeiras' Bruno Henrique celebrates scoring their first goal   REUTERS/Rahel Patrasso
Esportes

Rivais divergem sobre testes da covid-19 antes de final do Paulistão

Com time confinado, Corinthians dispensa exames para detectar a presença do novo coronavírus. Palmeiras contesta posição do rival.

Brenda Castillo, líbero, Sesi Vôlei Bauru
Esportes

Sesi Bauru e Montes Claros América investem pesado em reforços

 A renomada líbero dominicana Brenda Castillo retorna ao time paulista. Quem também está de volta é o experiente Tiago Brendle, de 34 anos, que fechou com o clube mineiro.

Comércio da cidade do Rio de Janeiro funciona com restrições
Saúde

Estado do Rio tem 168.064 casos de covid-19 desde início da pandemia

Desde ontem foram registrados 32 óbitos e 839 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O estado soma agora 13.604 mortes pela doença e 144.850 pacientes recuperados. 

Hospital de campanha do Maracanã no Rio de Janeiro
Justiça

Justiça do Rio impede fechamento de hospitais de campanha

Segundo secretaria, hospitais de São Gonçalo e do Maracanã estão abertos, mas sem pacientes por causa de vagas em unidades regulares da rede estadual.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.

Hospital de campanha para vítima de Covid-19 em Santo André, São Paulo
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 561 mortes; total chega a 94.665

Doença atingiu 2,75 milhões de brasileiros; 69,5% já se recuperaram. Atualmente, 743.334 pacientes estão em acompanhamento.