Impressões entrevista a imunologista Nise Yamaguchi

Programa da TV Brasil vai ao ar neste domingo, às 22h30

Publicado em 05/07/2020 - 16:27 Por Agência Brasil - Brasília

Ela já esteve à frente de lutas contra o câncer e a Aids e agora integra um comitê de crise no combate ao novo coronavírus junto ao governo. Médica do Hospital Israelita Albert Einstein de São Paulo Nise Yamaguchi colabora de forma técnica e científica para aprimorar protocolos de combate à doença.

Ao programa Impressões, da TV Brasil, que vai ao ar neste domingo (5), às 22h30, Nise fala sobre o trabalho que a ciência vem fazendo em busca de tratamentos e também da necessidade de combater a doença a tempo. Para ela, é possível salvar vidas e curar pessoas desde que os cuidados sejam feitos logo no início da covid-19. 

“Essa história de que não tem cura, para esse novo coronavírus, não é verdade. Tem. É o próprio sistema imunológico quando ativado adequadamente, sem exageros. Porque o problema dele [novo coronavírus] é quando ele é exagerado depois na segunda e na terceira fase. E o principal é tratar precocemente”, afirma Nise.

Ao comentar sobre o uso da hidroxicloroquina, a infectologista diz que o medicamento tem se mostrado eficiente no combate à covid-19, mas defende o acompanhamento médico para qualquer tipo de medicação. E explica: “A hidroxicloroquina, o zinco e a azitromicina, os três juntos fazem com que o vírus não se replique. Baixa a carga viral e o sistema imunológico que é o grande herói. Então, o que cura você quando você tem uma gripe? Ou quando você tem uma varicela, ou tem um herpes? É o seu sistema imunológico”. E completa: “E se você, no início, quando ele está começando, você bloqueia o vírus dentro da máquina da célula, essa célula fica saudável, ela não é invadida pelo vírus, ela não é usada pelo vírus para fazer novos vírus e ela simplesmente fica boa”.

A médica explica que o vírus age em três fases e que os cuidados iniciais podem fazer toda a diferença na vida do paciente. Ela diz que é preciso tentar evitar a fase crítica da doença. “Essa terceira fase é a tempestade total, que aí não adianta mais você tratar o vírus, porque você não segura mais. E é isso que a gente tem que evitar quando a gente começa a tratar o paciente precocemente. Porque você pega naquela fase em que ele ainda está tentando se replicar e acaba com ele. E imuniza. Então o paciente fica com imunidade, ele não pega mais, ele não contamina mais.”

À jornalista Katiuscia Neri, Nise Yamaguchi também fala do enfrentamento ao novo coronavírus e da necessidade de reagir diante da doença. “O medo é prejudicial para tudo, em primeiro lugar ele paralisa, te deixa massa de manobra. Então eu acho que a gente tem que tirar o medo, mas tem que ter o enfrentamento correto. Tem que ter saneamento básico, distanciamento social, usar máscara, comer regularmente, tomar sol, ter vitamina D, ter vitamina C, comer frutas, verduras, saladas, comer peixes e frango, mais do que carne vermelha. É um conjunto de ações. Tudo isso te traz uma capacidade de enfrentamento”, defende a Nise.

Na entrevista, a médica infectologista ainda lamenta o ambiente de desinformação no país e defende uma sintonia entre toda a área médica e os poderes no combate à pandemia. “Vamos pensar que o passado faz parte de desconhecimento. Vamos mudar e criar um clima de otimismo, de crescimento”, argumentou.  E mostrando-se otimista no combate à covid-19, Nise diz que “toda matéria de jornal está falando: ‘essa é uma doença que não tem cura’. Tem cura. A cura está em você! No seu sistema imunológico! Ajudado por remédios que agem na fase inicial. Vamos para a frente, fazer coisas boas, pensar no futuro, reconstruir o país”.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
Justiça

CNJ comemora sucesso de audiências e sessões por videoconferência

De 1º de maio a 4 de agosto, o Judiciário realizou 366. 278 mil videoconferências por meio da Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais.

Testes para detecção do Covid-19
Saúde

São Paulo registra mais de 25 mil mortes pela covid-19

Entre os 621.731 de casos diagnosticados de covid-19, 397.653 pacientes estão recuperados, sendo que 75.806 foram internados e tiveram alta hospitalar.

Reprodução gráfica da chuva de meteoros Geminídeos feita pela Organização Meteorológica Internacional
Geral

Chuvas de meteoros poderão ser vistas no Brasil este mês

Neste domingo, Dia dos Pais, quem acordar bem cedo poderá acompanhar a ocultação de Marte. É como se fosse um eclipse, quando a Lua passa entre a Terra e o planeta vermelho.

Área de lazer do Aterro do Flamengo reaberta atrai milhares de cariocas
Saúde

Dia Nacional do Combate ao Colesterol chama a atenção para o problema

A data, 8 de agosto, é uma forma de mobilizar a sociedade para promover uma conscientização maior dos cidadãos, profissionais e do Poder Público sobre a necessidade de prevenir e mitigar os efeitos desse mal.

Chica Xavier
Geral

Morre no Rio atriz Chica Xavier, aos 88 anos

Uma das primeiras atrizes negras a desempenhar papéis marcantes, em 1956 encenou a primeira peça de sua carreira, Orfeu da Conceição, e no cinema, estreou em 1962, no filme Assalto ao Trem Pagador.

Esportes

Série B: Juventude vira para cima do CRB e vence na estreia

No início da caminhada para tentar retornar à elite do Brasileiro depois de 13 anos, equipe da Serra Gaúcha leva gol no primeiro minuto, perde pênalti, mas consegue virada.