Feriado: Rio tem queda de 11% em acidentes graves em rodovias federais

Ações da PRF começaram dia 1º e foram até o domingo, dia 4

Publicado em 05/04/2021 - 19:01 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Dados divulgados hoje (5) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostram que houve uma queda de 11% nos acidentes graves em rodovias federais durante a Semana Santa deste ano com relação ao mesmo feriado do ano passado. As ações da PRF tiveram início na quinta-feira, (1º), e se estenderam até domingo (4). 

Mesmo com o período de restrições no estado do Rio de Janeiro para conter a disseminação do novo coronavírus, a PRF verificou um aumento no fluxo de veículos, principalmente na BR-101, em direção às praias da Região dos Lagos.  Mesmo assim, durante todo o feriado, o trânsito se manteve regular, sem obstruções ou retenções significativas.

Devido às medidas restritivas de combate à covid-19, o acesso a todas às praias da região ficou proibido.

Uso do celular

O número total de autuações foi 8% menor. Já a infração de usar o aparelho celular ao dirigir subiu 57%, número que preocupa o órgão. Fazer uso do aparelho celular enquanto dirige é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Não chega a ser considerado um crime de trânsito, contudo, é infração gravíssima, com multa no valor de quase R$ 300 e aplicação de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Ao longo do período de operação, a fiscalização da PRF foi intensificada em todas as rodovias do estado. A ação terminou com  22 presos e 13 veículos recuperados por serem sido roubados ou furtados.

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias