Operação da PF no Paraná mira acusados de fraudar auxílio emergencial

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Londrina

Publicado em 06/08/2021 - 15:17 Por Agência Brasil - Brasília

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (6) a Operação Parcela Infinita para combater suspeitas de fraudes no auxílio emergencial, benefício concedido pelo governo federal durante a pandemia de covid-19. Agentes da PF cumpriram dois mandados de busca e apreensão em Londrina (PR).

Desde maio, a PF investiga um grupo criminoso que teria feito saques fraudulentos do benefício. As investigações realizadas até o momento indicam que os acusados utilizaram os serviços da funcionária de uma lotérica, que também participava dos desvios. Na primeira fase da operação, duas pessoas pessoas foram presas em flagrante na cidade paranaense.

Os investigadores já identificaram saques irregulares nas contas de 13 beneficiários do auxílio. O prejuízo aos cofres públicos é de R$ 15 mil.

Segundo a corporação, as investigações continuam em busca da identificação de outros suspeitos que integram o grupo criminoso.

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias