Conselho de Segurança da ONU discute violência entre palestinos e israelenses

Publicado em 16/10/2015 - 17:31 Por Da Rádio ONU - Nova York

O aumento da violência entre israelenses e palestinos levou o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) a promover um debate aberto hoje (16). O secretário-geral assistente de Assuntos Políticos da ONU participa do encontro e afirmou estar "extremamente preocupado" com a situação na Cisjordânia e em Gaza.

Tayé Brook Zerihoun citou episódios ocorridos nesta sexta-feira na Cisjordânia, quando palestinos incendiaram uma área onde está localizada a tumba de José.

O representante condenou o ataque, pediu que os responsáveis sejam levados à Justiça e a todos envolvidos no conflito que respeitem os locais sagrados da Cidade Velha de Jerusalém.

Zerihoun também citou casos de israelenses esfaqueados e de palestinos mortos pelas forças de segurança de Israel. Segundo ele, até ontem (15), sete israelenses e 32 palestinos tinham sido assassinados. E desde 1º de outubro, mais de 120 israelenses e 1,1 mil palestinos foram feridos.

Na avaliação do representante da ONU, o impacto das mídias sociais e a "retórica irresponsável" têm tido um papel "dramático para a escalada do conflito".

Zerihoun disse que tanto israelenses quanto palestinos são culpados pela situação, mas ele nota os esforços dos líderes de governo, que estariam diminuindo o tom de seus discursos.

Para o secretário-geral assistente, está claro que a atual crise "não pode ser resolvida somente com medidas de segurança". Zerihoun afirmou ser essencial acabar com a ocupação, demolições de propriedades e assentamentos e citou que a falta de perspectiva sobre a criação de um Estado Palestino também agrava a situação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A ação tem sido empreendida pelo programa Produtor de Água para recuperar a Bacia Hidrográfica do Pipiripau, que já foi considerada uma das bacias mais problemáticas do Distrito Federal.
Geral

Prêmio ANA 2020 tem inscrições prorrogadas até 15 de agosto

O prêmio avalia iniciativas que contribuem para a segurança hídrica, gestão racional de recursos e soluções sustentáveis para o Brasil.

vacina Coronovac no Hospital das Clínicas de São Paulo.
Saúde

Mais cinco centros no Brasil iniciam testes com vacina chinesa

Os testes com a CoronaVac serão realizados em nove mil voluntários. Apenas profissionais da saúde que ainda não tiveram a doença e que atuam com pacientes com a covid-19 poderão participar.

Serviço de transporte para jogo Atlético x Cruzeiro no Independência
Esportes

América e Atlético duelam por vaga na final do Campeonato Mineiro

Galo tem a vantagem do empate e Coelho depende de vitória simples. Os times da capital Belo Horizonte entram em campo nesta quarta-feira (5), às 21h30.

Entrevista coletiva do ministro Roberto Barroso por videoconferência. Brasília-DF, 26/05/2020

Foto: Roberto Jayme/ASCOM/TSE
Política

Eleições municipais: votação deve ser estendida em pelo menos uma hora

Primeiros horários de votação seriam para maiores de 60 anos ou pessoas consideradas do grupo de risco para covid-19, disse o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

São Paulo soma mais de 24 mil mortes pela covid-19

O estado contabilizou, nas últimas 24 horas, 9.676 novos casos da doença, chegando agora à soma de 585.265 casos confirmados desde o início da pandemia

Movimentação no comércio de São Paulo após reabertura.
Geral

Capital paulista poderá abrir bares e restaurantes até as 22h amanhã

Medida vale para todas as regiões com mais de 14 dias na Fase Amarela do Plano São Paulo. Estabelecimentos poderão permanecer abertos por no máximo 6 horas.