COI anuncia fim do acordo de patrocínio com o McDonald's após 41 anos

Publicado em 16/06/2017 - 12:23 Por Da Agência EFE - Madri

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira (16) o fim do acordo de patrocínio com o McDonald's, um dos principais patrocionadores do ógão desde 1976. A informação é da Agência EFE.

"No atual panorama de negócios, de tão rápida evolução, entendemos que o McDonald's quer buscar novas prioridades", disse o diretor de Marketing do COI, o finlandês Timo Lumme, em comunicado.

A responsável pela área de marketing da rede de fast-food, a brasileira Silvia Lagnado, afirmou que a decisão foi tomada como parte de um plano global e após reconsiderar todos os aspectos.

Segundo a nota do COI, "os termos financeiros da ruptura do acordo foram estipulados pelas duas partes e os detalhes são confidenciais".

O McDonald's foi um dos membros fundadores do programa TOP (The Olympic Partner), que reúne os patrocinadores principais do COI, com exclusividade nesse âmbito de mercado. A última renovação da assinatura, que ocorreu em 2012, tinha prolongado o acordo até 2020.

O COI não tem planos imediatos de se associar a outra empresa relacionada com os serviços de alimentação e revisará seus planos no "contexto mais amplo dos programas de marketing existentes".

Ainda que a ruptura com o COI tenha efeito imediato, o McDonalds continuará sendo patrocinador local, só para a Coreia do Sul, dos Jogos de Inverno de PyeongChang 2018.

O COI ainda conta com 12 principais patrocinadores, que são: Coca Cola, Atos, Dow, General Electric, P&G, Samsung e Visa, com acordos assinados até 2020, Bridgestone, Panasonic e Toyota até 2024, Alibaba até 2028 e Omega até 2032.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

PF fecha dois bingos clandestinos no centro do Rio de Janeiro

Em um dos endereços, localizado na zona portuária, foram apreendidas 30 máquinas caça níqueis. Em outro local, na Cinelândia, foram apreendidas outras 24 máquinas.

O presidente Jair Bolsonaro faz  declaração à imprensa na área externa do Palácio da Alvorada
Política

Bolsonaro, Maia e Alcolumbre defendem teto de gastos em pronunciamento

"Resolvemos, então, com essa reunião, direcionar mais ainda nossas forças para o bem comum daquilo que todos nós defendemos", disse o presidente Jair Bolsonaro.

Governo do DF suspende aulas para evitar ampliação de casos do novo corona vírus.
Justiça

Justiça mantém suspensão de aulas presenciais na rede privada do DF

Com a decisão, o retorno continua proibido até o julgamento de uma ação civil pública que está em tramitação na 6ª Vara do Trabalho de Brasília. As aulas estão suspensas desde 11 de março.

Sessão temática no Senado sobre a Petrobras
Justiça

José Serra: Lava Jato pede que Justiça retome tramitação de ação

A ação foi suspensa, no final de julho, pela 6ª Vara Criminal Federal após uma liminar do STF ter determinado a paralisação das investigações contra o senador e sua filha. 

Fase 5 da flexibilização no Rio de Janeiro libera vendedores ambulantes nas praias
Saúde

Crivella diz que fará consulta à população sobre agendamento em praias

O objetivo do agendamento é evitar aglomerações nas areias, começando pela Praia de Copacabana. Prefeitura quer saber avaliação da população sobre iniciativa.

Lanchonetes, bares e restaurantes do Rio de Janeiro reabrem  com restrição de horário, lotação e distância entre mesas.
Saúde

Rio de Janeiro registra 83 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Total de óbitos causados pelo novo coronavírus no estado chega a 14.295. Há ainda 1.061 mortes em investigação e 185.610 casos confirmados.