Israel nega autoria de ataque a hospital e culpa Jihad Islâmica

Segundo militares, houve um lançamento fracassado de foguete

Publicado em 17/10/2023 - 17:40 Por Emily Rose - Repórter da Reuters - JERUSALÉM

Militares de Israel negaram a responsabilidade por um ataque a um hospital de Gaza nesta terça-feira (17), dizendo que a inteligência militar sugeriu que o local foi atingido por um lançamento fracassado de foguete pelo grupo palestino Jihad Islâmica.

"Uma análise dos sistemas operacionais das IDF indica que uma barragem de foguetes foi disparada por terroristas em Gaza, passando nas proximidades do hospital Al Ahli em Gaza no momento em que foi atingido", disse um porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF, em inglês) em comunicado.

"Informação de múltiplas fontes que temos em mãos indica que a Jihad Islâmica é responsável pelo lançamento fracassado do foguete que atingiu o hospital em Gaza", disse.

Ataque aéreo

O ataque aéreo matou centenas de pessoas no hospital em Gaza, segundo autoridades de saúde locais, e as Nações Unidas disseram que um ataque israelense também atingiu uma de suas escolas que era usada como abrigo.

Um chefe da Defesa Civil de Gaza afirmou à televisão Al-Jazeera que mais de 300 pessoas foram mortas no Hospital Al-Ahli al-Arabi. Uma autoridade do Ministério da Saúde de Gaza disse que pelo menos 500 pessoas foram mortas e feridas. Ambos os departamentos estão sob o governo dirigido pelo Hamas.

É proibida a reprodução deste conteúdo.

Últimas notícias