Justiça aceita denúncia contra ex-patroa no caso do menino Miguel

Com a decisão, Sari passa à condição de ré em processo criminal

Publicado em 15/07/2020 - 14:23 Por André Richter - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A Justiça de Pernambuco aceitou denúncia apresentada pelo Ministério Público contra Sari Mariana Corte Real por abandono de incapaz no caso da morte do menino Miguel Otávio. Com a decisão, Sari passa à condição de ré em um processo criminal. O despacho foi assinado na noite de terça-feira (14). 

A decisão foi proferida pelo juiz José Renato Bizerra, da 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente do Recife.

Com o recebimento da denúncia, a defesa de Sari Corte Real será notificada da decisão e terá dez dias para apresentar manifestação por escrito, primeira fase do processo. Não há previsão para a sentença. 

No dia 2 de junho, Miguel Otávio, de 5 anos, havia sido levado pela mãe, Mirtes Renata, para a casa onde trabalhava, porque não tinha com quem deixar a criança em função da pandemia de covid-19. A patroa, Sari Mariana, pediu a Mirtes que fosse passear com o cachorro da família. O filho ficou no apartamento. 

A patroa deixou o menino entrar em um elevador, sozinho, para buscar a mãe e voltou para casa para fazer a unha com uma manicure. Ele entrou no elevador, no quinto andar, e foi até o nono, de onde caiu.

A Agência Brasil busca contato com a defesa de Sari Corte Real. 

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Londrina x Criciúma
Esportes

Empates fecham primeira rodada da Série C

Boa Esporte empatou em 2 a 2 com Volta Redonda, e Londrina (Paraná) também ficou na igualdade, mas sem gols, com o Criciúma.

Rio de Janeiro - O ex-secretário municipal de Obras Alexandre Pinto é preso preventivamente pela Polícia Federal na Operação Rio 40 Graus (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Justiça

Rio: ex-secretário municipal de obras é condenado a 23 anos de prisão

Alexandre Pinto foi condenado a 23 anos de prisão por fraudes na licitação da obra da Transcarioca, via construída para Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Anvisa autoriza mudanças em teste da vacina de Oxford

Alteração permite a aplicação de uma dose de reforço, totalizando duas doses em vez de uma, como originalmente proposto. Medida é devida a estudos que mostram mais eficácia.

Higienização da bola antes do retorno do da Copa do Nordeste, após paralisação por conta da covid-19
Esportes

CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus

Mudança acontece após primeira rodada do Brasileiro, na qual a partida entre São Paulo e Goiás foi adiada um pouco antes do início por conta de casos de coronavírus no elenco do Esmeraldino.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Rio registra 28 mortes e 1.166 novos casos de covid-19 em um dia

Estado acumula mais de 180 mil casos da doença e mais de 14.108 mil mortes. São 28.909 pessoas pessoas internadas por covid-19, sendo que 11.494 em UTI.

coronavirus, Sao Paulo
Saúde

Estudo mostra que 18% dos adultos da cidade de SP já foram infectados

Uma pesquisa mostrou que o número de pessoas infectadas na cidade de São Paulo pode ter chegado a 18% da população adulta - próximo ao número necessário para a imunidade de rebanho.