Votação de projeto anticorrupção deve ficar para amanhã

Publicado em 22/11/2016 - 19:21 Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Brasília - Adiada por falta de quórum a reunião da Comissão Especial do Projeto de Lei 4850, que sugere medidas de combate à corrupção. Na foto relator, deputado Onyx Lorenzoni (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O relator, deputado Onyx Lorenzoni, pediu mais tempo para modificar o texto Marcelo Camargo/Agência Brasil

A votação do relatório do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) na comissão especial da Câmara que analisa o Projeto de Lei (PL) 4.850/16, que trata das chamadas Dez Medidas de Combate à Corrupção deve ser adiada para amanhã (23). A avaliação é do presidente do colegiado, Joaquim Passarinho (PSD-PA).

Logo após o início dos trabalhos, por volta das 15h, Passarinho suspendeu a reunião por uma hora, a pedido de Lorenzoni, que queria mais tempo para construir um acordo em torno do texto. Mas, depois de quatro horas, o deputado ainda não havia retornado com a versão final do texto.

Diante do cenário, Passarinho disse que manteria o espaço aberto para a manifestação dos deputados, mas que, tão logo se iniciasse a ordem do dia, encerraria os trabalhos. “Espero que possa terminar amanhã, estamos esperando o deputado Lorenzoni trazer sua nova posição, deve começar a ordem do dia, e estamos convocando para amanhã para ver se a gente consegue terminar a votação”, disse.

Entre os principais pontos que geram divergências no relatório está a previsão da criação do crime de responsabilidade para juízes e promotores. A medida chegou a constar na versão do relatório apresentada por Lorenzoni no dia (9), mas foi retirada posteriormente, após ele ter se reunido com integrantes da força-tarefa da Lava Jato.

Outros pontos que tem gerado controvérsia giram em torno da elaboração de acordos de leniência e da tipificação do crime de caixa 2 - alguns parlamentares temem que a oficialização pode servir como anistia para casos anteriores à lei.

O entendimento é que a falta de um acordo em torno desses temas pode prejudicar a votação do relatório. Durante a tarde desta terça-feira, diversos parlamentares se pronunciaram pela inclusão do crime de responsabilidade e pela retirada da previsão de uso de provas obtidas de maneira ilícita do relatório.

Passarinho disse acreditar que, mesmo com as pressões, será possível construir um acordo em torno do tema. “Os acordos não têm prazo para ser feitos – tem acordos que são feitos em 10 minutos, tem outros que são feitos em 10 horas e, se precisar de mais tempo, vamos dar”, disse. “O que eu não posso é correr risco de ter as Dez Medidas rejeitadas por conta de pressa em torno da votação”, acrescentou.

Edição: Amanda Cieglinski

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Aplicativo Caixa Tem
Economia

Caixa libera saque de auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas

O crédito na poupança social para os beneficiários nascidos em maio foi feito no dia 5 deste mês.

vacina, Moderna, imagem ilustrativa
Internacional

Argentina e México vão produzir vacina da Oxford

Entrega é prevista a partir da primeira metade de 2021, em função dos resultados dos estudos da Fase 3 de testes e das aprovações regulatórias. Brasil também firmou acordo com a AstraZeneca.

Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Direitos Humanos

Rio: operação prende suspeitos de violência contra a mulher

De acordo com a delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar.

O jogador Guerrero, do Internacional
Esportes

Três jogos fecham segunda rodada da Série A do Brasileirão

São Paulo, Fortaleza, Internacional, Santos, Vasco e Sport entram em campo na noite desta quinta-feira pelo nacional de futebol.

Rio de Janeiro - Dedo do Cristo Redentor danificado por raio começa a ser restaurado a partir de hoje (21). O dedo médio da mão direita do Cristo Redentor foi atingido por raio na noite do dia 16. (Foto Thomaz Silva/Agência Brasi)
Saúde

Cristo Redentor passa por desinfecção antes da reabertura no sábado

Até agora, já foram feitas mais de 400 desinfecções em locais públicos como rodoviárias, aeroportos, estações de trens, metrôs e barcas, hospitais e unidades de saúde e asilos.

Presidente russo, Vladimir Putin, visita hospital de Moscou com roupa de proteção
Internacional

Rússia: médicos serão vacinados contra covid-19 em duas semanas

Alexander Gintsburg, diretor do Instituto Gamaleya, produtor da vacina, disse que o país planeja ter capacidade para produzir 5 milhões de doses por mês entre dezembro e janeiro.