Delegado e procurador da Lava Jato criticam redução da equipe da PF no Paraná

Publicado em 26/05/2017 - 19:20 Por Daniel Isaia - Correspondente da Agência Brasil - Porto Alegre

O delegado federal Igor Romário de Paula, coordenador da Lava Jato no Paraná, criticou a redução da equipe na operação no estado.

Segundo Igor de Paula, o remanejamento dos delegados para os outros locais significa “dificuldades operacionais”, que precisam ser superadas para o trabalho não sofrer prejuízo. Ele disse que, atualmente, os delegados trabalham em 120 procedimentos.

“Estamos desde segunda-feira com, além de mim, mais cinco delegados trabalhando na Lava Jato. Temos enfrentado um problema que é objetivo, porque grande parte do nosso efetivo de fora que trabalhava aqui era do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Brasília, locais que estão recebendo maior número de procedimentos decorrentes da colaboração da Odebrecht”, afirmou Igor de Paula. "Com o número de temos hoje, é díficil dar continuidade ao trabalho da forma satisfatória como sempre foi. Estamos tentando recompor. A dificuldade maior hoje é de delegados", acrescentou. De acordo com o delegado, a maioria do pessoal foi deslocada para Brasília.

Na segunda-feira (22), a PF anunciou uma readequação do contingente de profissionais para atender à demanda de investigações de corrupção em outros estados.

Questionado se a redução estaria relacionada a uma tentativa de enfraquecer a Operação Lava Jato, o delegado disse que fala apenas sobre "ponto de vista interno e administrativo da polícia". "Se há algum tipo de articulação maior e mais ampla, eu não sei dizer. Mas é uma dificuldade operacional que a gente vai ter que superar, porque senão o prejuízo no trabalho vai ser concreto.”

O procurador do Ministério Público Federal (MPF) Carlos Fernando dos Santos Lima, que faz parte da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, criticou o remanejamento de agentes da PF e afirmou que a operação em Curitiba não está diminuindo. “Ao contrário, nós vamos ter muito serviço pela frente, não só de novos fatos, mas também de todas as acusações que nós temos que proceder”, afirmou.

Segundo Lima, a força-tarefa do MPF na operação permanece com os mesmos 13 procuradores e está recebendo reforço de funcionários em alguns setores. “Talvez seja preciso que a direção-geral da PF compreenda que precisamos manter uma equipe que realmente seja operacional na Lava Jato, que realmente dê condições de suporte às medidas que vão ser tomadas daqui para frente nas investigações que vão se desenvolver”, disse o procurador.

Procurado pela reportagem, o Ministério da Justiça e Segurança Pública ratificou o posicionamento divulgado no começo da semana, quando foi anunciada a readequação na PF. A nota, enviada pela assessoria de imprensa, afirma que o ministério "cumpriu o corte linear em seu orçamento, conforme determinado em decreto presidencial destinado a todas as pastas. As verbas de todos os órgãos que compõem a estrutura do ministério foram contingenciadas, incluindo a Polícia Federal. Para não haver descontinuidade em operações importantes, o ministério promoverá remanejamento de recursos sempre que for necessário".

Edição: Carolina Pimentel

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
(Brasília - DF, 09/06/2020) 34ª Reunião do Conselho de Governo.
Foto: Marcos Corrêa/PR
Economia

Sistema atual é um manicômio tributário, diz Guedes

Em audiência da Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária do Congresso Nacional, o ministro da Economia disse que reforma tributária não vai aumentar de impostos.

Avião decola no aeroporto de Congonhas.
Geral

Pista principal do Aeroporto de Congonhas é fechada para manutenção

Camada porosa de atrito é uma tecnologia nova, a mesma usada no Santos Dumont, no Rio, e permite rápido escoamento da água da chuva, aumentando a aderência dos pneus dos aviões nos pousos.

.coronavírus, pandemia, Covid-19
Saúde

Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para covid-19

Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, disse que está sendo feito o mesmo cálculo usado na vacinação contra influenza: cerca de 100 milhões de doses.

Palmeiras x Corinthians, Paulistão
Esportes

Corinthians e Palmeiras disputam hegemonia em finais do Paulistão

Decisão do título começa hoje (5) com o primeiro jogo no Itaquerão, às 21h30. Rivais estão empatados em número de taças em seis finais do estadual. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala durante a solenidade de Posse dos ministros  das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovações
Política

Bolsonaro diz a embaixador que Brasil vai ajudar o povo libanês

“O Brasil está solidário e manifestamos esse sentimento ao povo libanês. Estaremos presentes nessa ajuda àquele povo que tem alguns milhões de seus dentro do nosso país”, disse o presidente.

 A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta no Hospital da Criança de Brasília como parte do projeto Concertos da Saúde.
Geral

Orquestra Sinfônica de São Paulo e Masp apresentam série de concertos

Concertos vão combinar arte e música no auditório do Masp. Live será transmitida a partir das 20h no YouTube.