Aras cumpre as exigências técnicas para ser PGR, diz relator

Publicado em 16/09/2019 - 18:45 Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O senador Eduardo Braga (MDB-AM), relator da indicação do novo procurador-geral da República, Augusto Aras, no Senado, entregou na tarde hoje (16) seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. Braga afirmou que Aras cumpriu todos os requisitos documentais e burocráticos para ser o novo chefe da Procuradoria-geral da República (PGR).

Esclarecendo que seu relatório é restrito ao aspecto técnico da indicação, o senador indicou seu voto favorável ao atual subprocurador-geral da República. “A Constituição estabelece uma série de exigências formais. E ele cumpriu todas elas. […] Enquanto relator, me cabe analisar a parte técnica e jurídica da indicação. Enquanto senador, sim, votarei a favor do indicado, o dr. Augusto Aras”.

Augusto Aras tem frequentado o Senado desde a confirmação de sua indicação e já conversou com dezenas de senadores. Ele, inclusive, participou da reunião de líderes, ocasião em que os senadores e o presidente da Casa, Davi Alcolumbre, discutem as pautas prioritárias e costuram acordos para votações.

Durante essas conversas, ele se comprometeu a devolver sua carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e se afastar da Aras Advogados Associados, escritório que mantém em sociedade com outros advogados. Segundo Eduardo Braga, era legítimo ele estar ligado à advocacia mesmo sendo subprocurador-geral, por ter ingressado na magistratura antes da vigência da Constituição de 1988.

O senador afirmou que espera de Aras, além de independência partidária e ideológica do presidente da República, uma gestão pautada no bom senso. Como exemplo, citou as questões legais envolvendo a relação entre meio ambiente e desenvolvimento.

Augusto Aras é indicado para o cargo de procurador-geral da República
Augusto Aras é indicado para o cargo de procurador-geral da República - Roberto Jayme/TSE

“A política do meio ambiente não pode servir para travar o país e impedir nosso desenvolvimento. É importante fazer com bom senso, responsabilidade e racionalidade”, disse. “Ele sinalizou, tanto na reunião com os líderes, quanto nas conversas que tive com ele, um espírito de bom senso, racionalidade, de espírito público e compromisso com o vencimento dos obstáculos que o Brasil enfrenta”, completou.

Calendário

A leitura do relatório está marcada para a próxima quarta-feira (18) na CCJ. Em seguida, a presidente da comissão, Simone Tebet (MDB-MS), concederá vista coletiva. A sabatina de Aras na comissão está prevista para o dia 25 de setembro, pela manhã. Há a possibilidade da indicação ser votada no plenário no mesmo dia, caso senadores proponham regime de urgência para o assunto.

Edição: Bruna Saniele

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Um membro do exército libanês é visto na área do porto, danificado após uma explosão em Beirute, Líbano, em 10 de agosto de 2020
Política

Bolsonaro nomeia integrantes de delegação brasileira que vai a Beirute

Entre os integrantes da delegação estão o ex-presidente Michel Temer, os senadores Nelson Trad Filho e Luiz Pastore, e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Londrina x Criciúma
Esportes

Empates fecham primeira rodada da Série C

Boa Esporte empatou em 2 a 2 com Volta Redonda, e Londrina (Paraná) também ficou na igualdade, mas sem gols, com o Criciúma.

Rio de Janeiro - O ex-secretário municipal de Obras Alexandre Pinto é preso preventivamente pela Polícia Federal na Operação Rio 40 Graus (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Justiça

Rio: ex-secretário municipal de obras é condenado a 23 anos de prisão

Alexandre Pinto foi condenado a 23 anos de prisão por fraudes na licitação da obra da Transcarioca, via construída para Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Anvisa autoriza mudanças em teste da vacina de Oxford

Alteração permite a aplicação de uma dose de reforço, totalizando duas doses em vez de uma, como originalmente proposto. Medida é devida a estudos que mostram mais eficácia.

Higienização da bola antes do retorno do da Copa do Nordeste, após paralisação por conta da covid-19
Esportes

CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus

Mudança acontece após primeira rodada do Brasileiro, na qual a partida entre São Paulo e Goiás foi adiada um pouco antes do início por conta de casos de coronavírus no elenco do Esmeraldino.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Rio registra 28 mortes e 1.166 novos casos de covid-19 em um dia

Estado acumula mais de 180 mil casos da doença e mais de 14.108 mil mortes. São 28.909 pessoas pessoas internadas por covid-19, sendo que 11.494 em UTI.