Impasse na MP 936 cancela sessão do Senado

MP permite redução de jornada de trabalho e pagamento de auxílios

Publicado em 10/06/2020 - 20:58 Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A sessão do Senado, prevista para ocorrer na tarde de hoje, foi cancelada após imbróglio envolvendo a Medida Provisória (MP) 936, que visa reduzir os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Na sessão de ontem (9), o relator da matéria no Senado, Vanderlan Cardoso (PSD-GO), pediu que a MP fosse votada hoje, entendendo que havia urgência em sua aprovação. Os senadores concordaram, mas hoje alguns deles mostraram divergência com trechos do texto. O impasse provocou o adiamento da votação.

A MP será apreciada em plenário na próxima terça-feira (16), em sessão marcada para 14h. Segundo nota da Presidência do Senado, houve acordo com os líderes e com o relator. Vanderlan, também em nota, afirmou que seu relatório estava pronto e que havia sido concluído após conversar com entidades, sindicatos, senadores e governo.

“Todos os pontos polêmicos já estavam pacificados, mas devido às mais de mil emendas apresentadas e à complexidade da matéria, a votação acabou sendo retirada da pauta. Como sempre venho pregando o equilíbrio em todas as ações no Senado Federal, acato a decisão da maioria e mantenho aberto o canal de diálogo com todos os interessados nessa matéria”, disse o senador.

Medida

A MP, editada para minimizar os impactos financeiros da atual epidemia, permite redução da jornada de trabalho e de salários e também a suspensão do contrato do empregado por até três meses. Nesse caso, o governo paga uma quantia ao trabalhador, para repor parte da redução salarial e, ao mesmo tempo, reduzir as despesas das empresas em um período em que elas estão com atividades suspensas ou reduzidas.

O relator, ainda na sessão de ontem, pediu a votação da MP na sessão que ocorreria hoje, mostrando preocupação com o prazo de pagamento dos auxílios, que expirou no primeiro dia de junho. Vanderlan teme que a prorrogação da validade da MP garanta tempo para votação, mas não a prorrogação da suspensão dos contratos de trabalho e pagamento dos auxílios.

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live Jair Bolsonaro 13.08.2020
Política

Bolsonaro: não existe tentativa de furar o teto de gastos

Bolsonaro defendeu a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de "golpe" para "furar o teto".

A partir de hoje (17) estão liberadas as práticas de esportes coletivos como vôlei, futevôlei, beach tennis e futebol nas praias do Rio de Janeiro.
Geral

Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte

O Senado aprovou hoje um projeto de lei que regulariza o recebimento do auxílio emergencial por funcionários e atletas do setor de esportes.

Edifício sede do Superior Tribunal de Justiça STJ
Justiça

Ministro do STJ revoga prisão domiciliar de Queiroz e esposa

 Fabrício Queiroz é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Geral

Rio: 1,4 mil mortes por covid-19 foram em favelas, mostra painel

Número se referem às favelas da capital. O estado do Rio de Janeiro registrou 14.080 óbitos desde a chegada do novo coronavírus no Brasil, dos quais 8.612  na capital.

O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
Justiça

TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes e Tarcísio de Carvalho Neto votaram contra a medida. Somente o relator, Edson Fachin, defendeu a tese para punição. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Decisão diz que 70% dos funcionários do administrativo devem retornar ao trabalho presencial, mesmo durante a greve, para prepararem a volta às aulas.