Justiça suspende nomeação para o Museu Nacional de Belas Artes, no Rio

MPF considerou que indicação contraria critérios para cargo de direção

Publicado em quinta-feira, 5 Novembro, 2020 - 20:27 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

A Justiça Federal suspendeu a nomeação, pelo Ministério do Turismo, de uma profissional para o cargo de chefia de divisão técnica do Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro

A decisão liminar atende pedido do Ministério Público Federal, que acionou a justiça por considerar que a nomeação da servidora contraria os critérios estabelecidos em Decreto, além de  determinações do Estatuto de Museus e da Regulamentação da Profissão de Museólogo. 

De acordo com a ação, a nomeada é formada em psicologia e tem licenciatura em português-francês. E sua experiência profissional teria sido em cargos de supervisora do Ministério de Educação, em escolas de nível superior e assessoramento ao diretor da Faculdade de Engenharia da Universidade Federal Fluminense.

Segundo o MPF, essas ocupações não tem nenhuma correlação com a administração de um Museu. Na liminar, o juízo da 26ª Vara Federal considerou que, apesar do argumento do Ministério do Turismo e da própria ré no sentido de que teria experiência na área por ter trabalhado, nos anos 70 e 80, em projetos educativos de visita na biblioteca do Museu Imperial em Petropólis, tais atividades têm viés educacional e não se assemelham às atribuições do cargo de direção.

Criado em 1937, o Museu Nacional de Belas Artes possui a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século XIX, com um acervo de mais de 100 mil itens. Em 2009, o Museu foi incorporado pelo Instituto Brasileiro de Museus que é vinculado ao Ministério da Cultura.

Atualmente a Secretaria Especial de Cultura é vinculada ao Ministério do Turismo. Nós entramos em contato com o Ministério do Turismo, mas não recebemos retorno até o fechamento dessa reportagem

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ao menos 16 pessoas morrem após queda de ônibus de ponte em MG

31 feridos foram socorridos em hospitais nas cidades de Nova Era e em João Monlevade, sendo que quatro não resistiram e morreram.  Outras 12 pessoas acabaram falecendo no local do acidente. Duas crianças e um adulto em estado grave foram transportados de helicóptero para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

Baixar arquivo
Geral

Edital de concessão da Cedae será publicado no dia 18 de dezembro

O edital de concessão da Cedae, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, será publicado no próximo dia 18 de dezembro. O valor mínimo de outorga, ou seja, o quanto a iniciativa privada terá que pagar para explorar o serviço, será de R$ 10,6 bilhões.

Baixar arquivo
Saúde

Shoppings do RJ poderão ficar abertos 24h

A prefeitura do Rio de Janeiro e o governo fluminense anunciaram nesta sexta-feira (4) medidas para enfrentar o aumento de casos, óbitos e internações de covid-19 no estado e na capital. A partir de segunda-feira, as escolas municipais voltarão a ser fechadas, e já nesta semana os shoppings e centros comerciais no estado funcionarão durante 24 horas por dia.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Operação em São Paulo combate tráfico de animais silvestres

Um dos principais traficantes do país, conhecido como Zé do Bode, foi preso nesta sexta-feira (4). Ele usava as redes sociais para o comércio ilegal de animais.

Baixar arquivo
Política

Câmara aprova novo programa habitacional: Casa Verde e Amarela

Esse programa substitui o antigo Minha Casa Minha Vida, e a principal diferença entre eles é o financiamento de reformas em residências já construídas e o aumento do valor total dos imóveis que poderão ser financiados. Projeto segue para o Senado.

Baixar arquivo
Justiça

Reeleição para presidências da Câmara e do Senado tem 4 votos a favor

Lewandowski, Alexandre de Moraes e Toffoli acompanharam o voto do relator, ministro Gilmar Mendes. O julgamento, que começou nesta sexta (4) e pode perdurar até dia 14, tem consequências práticas já em 2021, caso os atuais presidentes da Câmara, deputado Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, ambos do DEM, queiram ser reconduzidos ao cargo.

 

Baixar arquivo