Estudo da CNI revela que 91% dos estudantes querem fazer faculdade

Publicado em 26/10/2021 - 09:09 Por Igor Cardim* - Estagiário da Rádio nacional - Brasília

O novo ensino médio, aprovado em 2017, passa a valer em todo o Brasil ano que vem, começando pelos alunos da primeira série. A estratégia é que até 2024, os estudantes das três séries dessa modalidade estejam incluídos no novo sistema.

Entre as mudanças estão o aumento da carga horária anual de aulas, que passa de 800 (oitocentas) para 1000 (mil) horas por ano.

A CNI - Confederação Nacional da Indústria, realizou uma pesquisa para saber o que os alunos acham do novo ensino médio, se a modalidade pode melhorar a qualidade dos profissionais brasileiros e a importância da formação técnica e profissional na escola.

Foram ouvidos 2 mil estudantes do Ensino Médio rede pública e da Rede SESI de São Paulo e de Mato Grosso do Sul.

O resultado mostrou que a maioria dos alunos avalia de forma positiva as mudanças e está preocupada com o mercado de trabalho depois da escola: 84% dos estudantes ouvidos preferem o modelo de estudo profissionalizante e 91% pretendem fazer uma faculdade.

Ainda segundo a pesquisa, 17% dos estudantes já pensaram em desistir da escola e o principal motivo foi a necessidade de trabalhar para ajudar a família.

Rafael Lucchesi, diretor Superintendente do SESI – Serviço Social da Indústria, considera as mudanças do novo ensino médio positivas para os alunos, mas destaca que existem desafios na implementação desse modelo no Brasil.

Além do conteúdo regular que se mantém - com aulas de matemática, português, artes, filosofia, sociologia e educação física - o novo ensino médio oferece itinerários informativos, que são conjuntos de disciplinas, projetos, oficinas e núcleos de estudos, que os alunos poderão escolher de acordo com o área que querem atuar.

*Com supervisão de Sheily Noleto. 

Edição: Sheily Noleto / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Cultura

Professor da USP traduz cartas de indígenas no Brasil do século XVII

Cartas trocadas entre indígenas do Brasil em tupi antigo, em 1645, foram traduzidas pelo pesquisador e professor da USP, Eduardo Navarro. O contexto era o da disputa entre Portugal e Holanda por terras brasileiras, hoje, o estado de Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

Estatuto do Câncer torna obrigatório atendimento integral

Dentre os objetivos do estatuto estão o diagnóstico precoce, a informação clara e confiável sobre a doença e o tratamento adequado, bem como humanização da atenção ao paciente e à sua família

Baixar arquivo
Saúde

Rio não tem registro de casos da variante Ômicron no estado

Secretaria de Saúde vai emitir um alerta às vigilâncias municipais para aumento da atenção a casos de viajantes que apresentem quadro de síndrome gripal, com realização de exame PCR, monitoramento e notificação por meio dos canais oficiais.

Baixar arquivo
Educação

Carreta leva artes, ciência e meio ambiente para a população do Rio

O Busão das Artes, com 15 metros de extensão, foi adaptado para receber experimentos interativos científicos e projetos de artes visuais e começou a circular pelas ruas e praças da cidade do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Segurança

Polícia faz operação para capturar responsáveis por morte de sargento

A ação acontece em comunidades da zona norte do Rio. Os agentes procuram pelos criminosos envolvidos no assassinato do do sargento Jamilton Machado de Assis, atingido, em outubro, por um tiro na cabeça dentro de uma viatura.

Baixar arquivo
Esportes

Rebeca Andrade renova contrato com o Flamengo até o final de 2024

A campeã olímpica e mundial, que está no clube há dez anos, assinou novo compromisso visando os Jogos Olímpicos de Paris; acompanhe também informações sobre os Jogos Pan-Americanos Júnior, rugby e futebol feminino.

Baixar arquivo