Governo suspende recursos de 22 municípios por falta de dados sobre mortalidade

Publicado em 16/05/2014 - 16:01 Por Paula Laboissière - Brasília

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (16) no Diário Oficial da União  suspende a transferência de recursos financeiros de 22 municípios que estão irregulares na alimentação do Sistema de Informações sobre Mortalidade. De acordo com o texto, a suspensão vale a partir de maio de 2014 para municípios que constam como irregulares em monitoramento realizado em abril de 2014.

 

Leia mais na Agência Brasil

Últimas notícias
Política

RJ: deputado estadual é denunciado por violência política de gênero

O deputado estadual Rodrigo Amorim, do PTB, foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro por crime de violência política de gênero contra a vereadora Benny Briolly, do PSOL.

Baixar arquivo
Cultura

Arte Clube: acervo de Pier Paolo Pasolini pode ser conferido no CCBB

A exposição é composta por mais de 70 fotografias em preto e branco feitas por Pier Paolo Pasolini e Paolo Di Paolo, muitas delas inédita. 

Baixar arquivo
Esportes

Tragédia do Sarriá: menino que chorou em 82 lembra da Copa em detalhes

A tensão e o choro de José Carlos após a derrota da seleção viraram capa do Jornal da Tarde do dia seguinte e símbolo do sentimento de todos os brasileiros

Baixar arquivo
Política

Presidente do Senado: instalação de CPIs deve acontecer após eleições

Depois de reunião com os líderes do Senado, na manhã desta terça-feira (05), o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, afirmou que os requerimentos para abertura de CPIs, as Comissões Parlamentares de Inquérito, serão lidos em Plenário, entre esta quarta-feira (06) e quinta-feira

Baixar arquivo
Economia

STJ vai decidir validade de delação contra Cláudio Castro

Por maioria de votos, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado reconheceu que é incompetente para apreciar as petições protocoladas por Cláudio Castro.

Baixar arquivo
Saúde

Mulheres negras foram as mais afetadas na pandemia, diz pesquisa

Estudo feito por professores da USP revela que as pessoas mais afetadas por transtornos mentais na pandemia foram as jovens do sexo feminino, negras, com menor nível educacional.

Baixar arquivo