Elas não brincam ao volante, mas ainda sofrem preconceito

Trânsito

Publicado em 25/07/2019 - 13:01 Por Beatriz Evaristo - Brasília

O serviço de transporte no Brasil tem papel de destaque na economia brasileira. No dia do motorista, a Rádio Nacional faz uma homenagem às mulheres que trabalham no transporte de cargas e passageiros pelo país. Elas enfrentam preconceito, mesmo assim não abandonam o volante por outra profissão.

 

A cearense Sirleuda Xavier, de 43 anos, dirige um táxi há 24 anos. Ingressou na profissão por incentivo do marido quando eles ainda eram namorados. A motorista costuma ser elogiada pelos clientes, principalmente pelo cuidado no trânsito.

 

De acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza, as mulheres representam 15% dos profissionais de táxi em circulação da cidade. Na direção, a taxista já enfrentou casos de assédio e falta de segurança. Deu a volta no preconceito e conquistou o respeito dos colegas de profissão.

 

Quem também venceu o preconceito foi a caminhoneira Cristiane Mendonça Luiz, de 51 anos. Com 22 anos de estrada, Cristiane já foi premiada como melhor motorista do setor de transporte de combustíveis e tem verdadeira paixão pelo trabalho que faz.

 

Em 2012, Cristiane foi pioneira na empresa de distribuição de combustíveis onde começou a trabalhar como motorista de caminhão tanque no Distrito Federal. Até então, a empresa contava com 34 motoristas, todos homens.

 

De acordo com o Ministério do Trabalho, 17% dos postos de trabalho no setor de cargas do país são ocupados por mulheres. A participação feminina é ainda menor no transporte coletivo de passageiros.

 

Dados divulgados pelo Ministério da Infraestrutura mostram que apenas 5% das pessoas habilitadas para dirigir ônibus, no Brasil, são mulheres.

 

A motorista profissional Ângela Maria Lourenço, de 45 anos, deixou o interior de Minas Gerais para viver no Rio de Janeiro há mais de 20 anos.

 

Na época, mesmo com experiência, Ângela começou a trabalhar como cobradora porque a empresa não permitia mulheres ao volante.

 

Superados os obstáculos para entrar no mercado de trabalho no Rio de Janeiro, Ângela Maria manda um recado a outras mulheres que sonham em assumir o volante no setor de transportes.

 

* Matéria atualizada às 8h42 de 26/07/2019 para acréscimo de informação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

IBGE lança site com dados da covid-19 em todos os municípios do país

Usuário pode consultar situação do seu município e de locais vizinhos

Baixar arquivo
Geral

PRF faz ações educativas em BRs até sexta-feira

A novidade este ano é a distribuição de panfletos digitais com o sistema QR Code, no qual o motorista faz a leitura de um código com a câmera do celular e tem acesso a vídeos educativos.

Baixar arquivo
Política

Ministro atribui incêndios florestais a fenômeno natural

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, criticou a campanha internacional contra o desmatamento no Brasil que, segundo ele, teria a intenção de derrubar o governo Bolsonaro.

Baixar arquivo
Esportes

Ativa contra o racismo, Ary Borges comemora chance na seleção feminina

Em entrevista na Granja Comary, em Teresópolis, onde a seleção feminina está em treinamento há uma semana, a meia do Palmeiras, de 20 anos, revela que usa a proeminência do futebol para combater o preconceito, seja de gênero ou racial. Ary é uma das novidades da convocação da técnica Pia Sundhage, ao lado de Pardal, do Corinthians

Baixar arquivo
Cultura

Primavera dos Museus tem atividades virtuais em 520 instituições

Até domingo, dia 27, as instituições realizam uma série de atividades com um tema em comum, Mundo Digital: Museus em transformação. Entre as mais de 1,3 mil atividades programadas estão palestras, visitas mediadas, exibição de filmes, contação de histórias, shows e rodas de conversa.

Baixar arquivo
Geral

Governo retoma obras da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho

Obras recomeçam com pavimentação e recuperação do Km 198 ao Km 250. Segundo o ministro Tarcísio Freitas, a intenção é que, em 2022, toda a extensão da rodovia tenha contratos para a entrega da rodovia toda pavimentada até o fim do ano

 

Baixar arquivo