Paraíso da Costa do Descobrimento, Caraíva sofre a pressão do turismo

Decreto da prefeitura de Porto Seguro, de 11/9, autorizou a atividade

Publicado em quarta-feira, 16 Setembro, 2020 - 15:05 Por Anna Luisa Praser - Brasília

Caraíva, paraíso tropical e parte da chamada “Costa do Descobrimento”, no Sul da Bahia, tem vivido um drama. O medo de ver comunidades tradicionais que vivem nessa região serem dizimadas pelo novo coronavírus, tem feito a Associação de Nativos de Caraíva – A ANAC - lutar para que a reabertura total do turismo na região seja adiada.

Desde agosto, essa associação tem protocolado sem sucesso, diversos pedidos nesse sentido na prefeitura de Porto Seguro, sede executiva a que Caraíva é vinculada. A associação é contrária à retomada do turismo na região e destacou que a comunidade apresenta peculiaridades que colocam tanto sua população local, quanto as comunidades tradicionais, em situação de maior risco de contágio.

O vilarejo, reconhecido como o mais antigo do país pelo Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, abriga o Parque Nacional do Monte Pascoal, onde está a aldeia Pataxó. Também vivem em Caraíva quilombolas e pescadores.

No último dia 11 de setembro, foi publicada no Diário Oficial local a autorização para a retomada de atividades turísticas no local, desde que cumpridas algumas medidas como limitação de público e horário de funcionamento.

Desde então, o movimento na região tem aumentado. O presidente da Associação de Nativos de Caraíva, Lucas Borges, se preocupa com a falta de fiscalização dos protocolos de segurança e a pouca estrutura de saúde no Vilarejo. Ele contou que precisa recorrer a municípios vizinhos para conseguir atendimento.

Sonora: "Dificilmente você vê um turista usando máscara, aqui a gente não tem guarda municipal para controlar isso, a polícia não fica o dia todo, ela fica uma parte do dia só. A gente tem um posto de saúde aqui, mas é um postinho, postinho mesmo. A UPA está em Trancoso, a gente não tem médico 24 horas".

Liza Andrade, líder do Grupo de Pesquisa e Extensão “Periférico, trabalhos emergentes” e pesquisadora programa de pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília, estuda essa região há mais de 30 anos.

Ela lembrou a convenção nº 169 da OIT- Organização Internacional do Trabalho, que rege sobre Povos indígenas e Tribais, e determina que os governos locais devem consultar os povos tradicionais antes de tomar decisões que afetarão o território em que essa população vive. No entanto, Liza afirma que a decisão de reabertura do turismo em Caraíva não teve consenso da comunidade.

Sonora: "Foi uma reabertura sem consulta. Foi determinado de forma turística, sem pensar na qualidade de vida dessas populações. É claro que nós temos a questão da economia. Eles precisam também movimentar a economia local, mas tudo teria que ser feito com muito cuidado, e não abrir de uma forma sem consulta, sem fazer um plano emergencial".

Nessa terça-feira, 15 de setembro, a prefeitura de Porto Seguro publicou novo decreto e prorrogou até o dia 30 deste mês a suspensão de algumas atividades econômicas. Em nota, a prefeitura de Porto Seguro afirma que tem tomado decisões de reabertura, baseada em diálogo com a comunidade, hoteleiros e demais comerciantes da região.

 

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo vai expandir possibilidade de sinal de rádio FM

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou nesta quinta-feira (13) uma portaria, junto com o presidente Jair Bolsonaro, para regularizar o serviço de retransmissão de rádio.

Baixar arquivo
Saúde

Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

Baixar arquivo
Política

Pesquisa DataSenado faz mapeamento de como a pandemia afetou o ensino

Estudante do oitavo ano do ensino fundamental em Brasília, Arthur Cardoso relata os desafios que tem enfrentado desde que as escolas fecharam, por consequência da pandemia do novo coronavírus.
 

Baixar arquivo
Saúde

Planos de saúde devem cobrir teste rápido de Covid-19

Os planos de saúde são obrigados a cobrir os testes sorológicos para a Covid-19. A medida foi aprovada pela Diretoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por unanimidade, em reunião nesta quinta-feira (13).

Baixar arquivo
Economia

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico para empregadores

A partir de agora o eSocial  tem aplicativo para celulares. Com a medida, empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo celular.

Baixar arquivo
Política

Saúde diz que usou 48% dos recursos destinados ao combate à pandemia

O Ministério da Saúde gastou 48% dos recursos destinados exclusivamente para o combate à pandemia da Covid-19, informou o ministro interino da pasta, Eduardo Pazuello, durante audiência pública realizada nesta quinta-feira (13) no Congresso Nacional.

Baixar arquivo