Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Publicado em 19/05/2022 - 17:23 Por Lucas Coelho* - Estagiário da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Os crimes contra a vida no estado do Rio de Janeiro registraram queda de 17% nos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Os dados foram divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio e consideram apenas as ocorrências registradas nas delegacias. Em abril deste ano foram 265 casos de homicídio doloso, 13% a menos que em abril de 2021. Já os latrocínios, que são os roubos seguidos de morte, caíram no mês passado a menos da metade pela segunda vez seguida, foram 16 vítimas.

O ISP também divulgou esta semana dados do painel discriminação que mostram que o estado do Rio registrou 1.365 ofensas morais por preconceito. As ocorrências se referem a diversos tipos de violência contra indivíduos ou grupos em razão de sua etnia, raça, cor, classe social e sexualidade ou por intolerância religiosa. Das vítimas, 1.036 são negras e 56% são mulheres negras.

As delegacias do estado registraram 33 casos por ultraje a culto no ano passado, que é a ridicularização pública, o impedimento ou a perturbação de cerimônia religiosa.

*Com supervisão de Nádia Faggiani

Edição: Nádia Faggiani / GT Passos

Últimas notícias
Economia

Doação de pessoa para campanha via PIX só pode ser feita pelo CPF

A decisão por unanimidade foi do plenário do Tribunal Superior Eleitoral na sessão desta sexta-feira.

Baixar arquivo
Saúde

Novos casos de Varíola dos Macacos foram confirmados no Rio de Janeiro

Com isso subiu para treze o número de notificações oficiais, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde.

Baixar arquivo
Internacional

Terremoto de magnitude 6,0 deixa pelo menos cinco mortos no Irã

O Irã está localizado à beira de várias placas tectônicas e é atravessado por falhas. O que faz o país ter uma alta atividade sísmica.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: os programas de calouros

O primeiro programa de calouros do rádio brasileiro, A Hora dos Calouros, foi criado na Rádio Cruzeiro do Sul, em São Paulo. Os concursos faziam as audiências aumentarem consideravelmente e, junto com elas, as verbas publicitárias.

Baixar arquivo
Saúde

Biomédicos estão autorizados a prescrever suplementos alimentares

Três categorias de biomédicos estão autorizados a prescrever suplementos alimentares: os profissionais habilitados em Acupuntura, Biomedicina Estética ou em Fisiologia do Esporte e da Prática do Exercício Físico. Antes, apenas médicos, nutricionistas e farmacêuticos tinham liberação para indicar esses produtos.

Baixar arquivo