Senado aprova limite da taxa de juros do cartão de crédito e cheque especial em 30% ao ano

Cartão e cheque especial

Publicado em 07/08/2020 - 09:19 Por Lucas Pordeus León - Brasília

O Senado aprovou projeto de lei que limita as taxas de juros de cartão de crédito e cheque especial em até 30% ao ano. Essa limitação valeria apenas até o fim do estado de calamidade pública que termina no dia 31 de dezembro deste ano, decretado em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

O projeto permite um limite maior, de 35% de juros ao ano, para as chamadas fintechs, que são pequenas instituições financeiras. Ainda pelo texto aprovado, fica proibida a cobrança de multas e juros por atraso no pagamento das prestações do cartão de crédito. Mas, essas medidas só terão validade enquanto durar a calamidade pública.

 

O projeto, porém, precisa ainda ser aprovado pela Câmara dos Deputados e também passar pela sanção presidencial.

 

O autor do projeto, senador Álvaro Dias, do Podemos do Paraná, argumentou que países como Colômbia, Costa Rica e Argentina limitaram os juros do cartão de crédito recentemente.

 

O plenário ainda aprovou, em votação separada, uma emenda do PT determinando que o Conselho Monetário Nacional regulamente a limitação dos juros dos cartões de crédito após o estado de calamidade pública.

 

Um dos senadores que se manifestou contra a medida foi o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, do MDB pernambucano. Para o parlamentar, a medida pode aumentar os juros de outras modalidades de crédito.

 

Apesar da Taxa Selic, a taxa básica de juros, está em 2% ao ano, menor patamar da história, as taxas de juros cobradas pelos bancos no cartão de crédito podem chegar a 790% anuais, segundo dados do Banco Central.

 

A Caixa Econômica Federal, por exemplo, pratica uma taxa de 181% ao ano; o Banco do Brasil é um pouco mais, de 213% anuais, já o Bradesco chega a 245% e o Itaucard é de 291% ao ano.

 

Últimas notícias
Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. 

Baixar arquivo
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo