Capitais brasileiras aceleram vacinação contra covid-19

Apenas Palmas e Porto Velho ainda imunizam só grupos prioritários

Publicado em 15/06/2021 - 11:43 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A vacinação está avançando rápido em algumas capitais do país. A maior parte das cidades ainda está imunizando a população acima de 50 anos, mas algumas se destacam como São Luís, no Maranhão, onde nesta semana já estão sendo atendidas, com a primeira dose, pessoas entre 24 e 29 anos. Para a próxima semana, o público de 18 anos ou mais já começa a ser imunizado.

O prefeito de São Luis, Eduardo Braide, conta que desde janeiro a cidade se preparou para vacinar um grande fluxo de pessoas, instalando centros específicos de vacina. Mas o grande comprometimento dos profissionais de saúde e ainda o recebimento de doses extras também foram apontados como motivos para adiantar o cronograma. Ele ressalta que até julho, toda a população adulta já deve estar vacinada.

Em Manaus, as doses já chegaram para quem tem a partir de 40 anos. Depois de um final de semana de mutirão de vacinação atingindo mais de 140 mil pessoas na capital, nesta terça-feira (15), a prefeitura retomou a imunização nos pontos de atendimento. Também podem ser vacinados remanescentes de grupos prioritários e o público de segunda dose.

Quem tem 43 anos já pode ser vacinado em Recife, onde já há mais de meio milhão de pessoas vacinadas. E Vitória, no Espírito Santo, já tem vacina disponível para pessoas de 45 anos ou mais.

Apenas duas capitais ainda não saíram dos grupos prioritários. Palmas, no Tocantins, ainda segue vacinando pessoas acima de 60 anos e já abriu também para profissionais da educação. Em Porto Velho, Rondônia, a vacinação segue em pessoas acima de 60 anos e outros públicos prioritários como pessoas com doenças prévias e algumas áreas profissionais, como segurança pública.

Em todo o país, mais de 55 milhões de pessoas já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19.

 

Edição: Leila Santos/Adrielen Alves

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz inicia produção do IFA nacional e entrega 80 milhões de doses

A produção na fábrica de Bio-Manguinhos, no Rio de Janeiro, é um marco para a produção autônoma da vacina da Astrazeneca no Brasil. Até então a Fiocruz dependia da importação do insumo.

Baixar arquivo
Geral

Aumenta em 30% a presença de animais de companhia em lares brasileiros

De acordo com a pesquisa Radar Pet 2021, realizada pela Comissão de Animais de Companhia Comac, o número de animais de companhia nos lares brasileiros aumentou cerca de 30% durante a pandemia do novo coronavírus.

Baixar arquivo
Geral

Conta de energia elétrica continua na bandeira vermelha em agosto

Segundo a Aneel, a bandeira vermelha se justifica pelo baixo nível dos principais reservatórios do SIN, o Sistema Interligado Nacional.

Baixar arquivo
Saúde

Estado do RJ tem redução de mortes por covid entre junho e julho

Estudo comparou os dados epidemiológicos de duas semanas: de 11 a 17 de julho e de 27 de junho a 3 de julho.  

Baixar arquivo
Direitos Humanos

40 mil denúncias de violência doméstica são feitas até junho no Brasil

São casos de desrespeito contra a liberdade, a segurança, o patrimônio e a integridade das mulheres. 

Baixar arquivo
Saúde

SC: Saúde vai liberar R$ 5 milhões a atendimento de alta complexidade

O Ministério da Saúde vai liberar mais de R$ 5 milhões para ampliar o atendimento de alta complexidade à saúde em hospitais de Santa Catarina. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante visita à cidade de Blumenau, em Santa Catarina.

Baixar arquivo