Prazo para doação de produtos de combate a coronavírus é prorrogado

Máscaras e outros equipamentos podem ser doados até dia 13

Publicado em 02/04/2020 - 15:47 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - Brasília

As pessoas físicas e as empresas têm até 13 de abril para doarem ao Sistema Único de Saúde (SUS) materiais de combate ao coronavírus. O Ministério da Economia prorrogou em quase duas semanas o edital para receber esses produtos relacionados ao enfrentamento da covid-19. O prazo tinha acabado na última terça-feira (31).

Desde a abertura do edital, no último dia 19, o Ministério da Economia recebeu 25 mil máscaras do tipo N95, recomendadas para o combate ao novo coronavírus, de uma multinacional. Uma empresa doou 6.420 itens como protetores oculares, óculos, protetores faciais, luvas, aventais, macacões, sabão líquido, álcool em gel, termômetros, higienizador de ambiente e sacos para descarte.

Segundo o Ministério da Economia, as máscaras N95 estão avaliadas em R$ 1,4 milhão. Os demais produtos valem R$ 250 mil. A pasta não divulgou o nome das empresas doadoras.

As doações vão até as 18h de 13 de abril. Além de máscaras, podem ser doados luvas, termômetros, álcool em gel e demais itens médicos e hospitalares usados no combate à covid-19. Os produtos podem ser entregues em qualquer localidade do país. Basta a pessoa física ou a empresa, nacional ou estrangeira em situação legal no país, inscrever-se eletronicamente ou presencialmente.

As inscrições por e-mail podem ser feitas neste endereço. Os interessados também podem apresentar um protocolo eletrônico por este site ou uma petição eletrônica em outro site. Também é possível enviar os documentos exigidos no edital ao Bloco C da Esplanada dos Ministérios, sala 110, CEP 70.046-900.

A documentação exigida pode ser consultada no chamamento público. Decorrido o prazo previsto para as inscrições, as propostas serão recebidas pela Comissão de Processamentos das Doações e apreciadas pela unidade demandante. Todos os documentos ficarão disponíveis aos interessados na Central de Compras Governamentais, no endereço.

A iniciativa faz parte do pacote de medidas tomadas pelo Ministério da Economia para reduzir a contaminação ocasionada pela pandemia de coronavírus. O edital prevê a doação de dez tipos de itens: máscara padrão de segurança N95/PFF2/N99/N100/ PFF3; máscara cirúrgica; protetor ocular ou protetor de face; luvas; capote, avental ou jaleco; sabão líquido; álcool em gel; álcool 70%; higienizantes para o ambiente; e termômetros digitais.

Outras doações

Os interessados em doar outros insumos e serviços para o combate à covid-19 podem procurar a plataforma oficial de doações do governo federal, o Reuse </>.

Primeiramente, o usuário deve cadastrar-se no portal www.gov.br. A partir daí, basta acessar o site do Reuse e incluir as doações na opção “quero doar”. O interessado deve incluir as informações sobre o produto ou serviço, anexar fotos e, se desejar, indicar um órgão específico para receber os itens.

A Central de Compras do Ministério da Economia analisará a oferta. Após a avaliação, o anúncio do doador será publicado automaticamente pelo Reuse e ficará disponível por dez dias.

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live Jair Bolsonaro 13.08.2020
Política

Bolsonaro: não existe tentativa de furar o teto de gastos

Bolsonaro defendeu a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de "golpe" para "furar o teto".

A partir de hoje (17) estão liberadas as práticas de esportes coletivos como vôlei, futevôlei, beach tennis e futebol nas praias do Rio de Janeiro.
Geral

Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte

O Senado aprovou hoje um projeto de lei que regulariza o recebimento do auxílio emergencial por funcionários e atletas do setor de esportes.

Edifício sede do Superior Tribunal de Justiça STJ
Justiça

Ministro do STJ revoga prisão domiciliar de Queiroz e esposa

 Fabrício Queiroz é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Geral

Rio: 1,4 mil mortes por covid-19 foram em favelas, mostra painel

Número se referem às favelas da capital. O estado do Rio de Janeiro registrou 14.080 óbitos desde a chegada do novo coronavírus no Brasil, dos quais 8.612  na capital.

O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
Justiça

TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes e Tarcísio de Carvalho Neto votaram contra a medida. Somente o relator, Edson Fachin, defendeu a tese para punição. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Decisão diz que 70% dos funcionários do administrativo devem retornar ao trabalho presencial, mesmo durante a greve, para prepararem a volta às aulas.