Eletrobras prorroga até dezembro prazo para operação de distribuidoras

Prazo venceria amanhã

Publicado em 30/07/2018 - 21:19 Por Luciano Nascimento – Repórter da Agência Brasil - Brasília

Acionistas da Eletrobras aprovaram hoje (30), em assembleia extraordinária, a prorrogação da data para a empresa seguir como responsável pela operação de suas distribuidoras de energia dos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Rondônia e Roraima para 31 de dezembro de 2018.

O prazo para o vencimento da autorização que permitia a operação dessas subsidiárias pela Eletrobras em caráter temporário venceria amanhã (31). Com a decisão da assembleia, o governo entende que a hipótese de liquidação das distribuidoras – uma das possibilidades em debate na estatal – esta afastada.

A prorrogação vale também para a Companhia Energética do Piauí (Cepisa) que foi leiloada na última quinta-feira (26). Nesse caso, a prorrogação vale até que a Equatorial Energia, vencedora do certame, assuma a empresa nos próximos 90 dias.

A medida visa dar tempo ao governo para finalizar o processo de privatização das subsidiárias. Aprovada no início de julho, a medida provisória que autoriza a privatização aguarda apreciação do Senado.

O leilão das outras distribuidoras está marcado para o dia 30 de agosto. São elas a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), Boa Vista Energia, distribuidora de energia em Roraima e Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia).

Outra distribuidora, a Companhia Energética de Alagoas (Ceal) teve o leilão suspenso devido a uma decisão judicial. O governo espera conseguir derrubar a decisão até a data de realização do leilão.

Na semana passada, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Félix, disse que o governo trabalha com a perspectiva de encerrar o processo até o final de agosto, a fim de evitar uma eventual liquidação das distribuidoras.

“A gente trabalha com alguns cenários assim, desesperadores. É claro que a gente tem que pensar, considerar, mas a gente está trabalhando com um cenário de pacificação, de resolver da melhor forma possível”, disse Felix. "A gente tem expectativa de que o Senado aprecie isto ao longo do mês de agosto para poder ter um leilão bem sucedido”, acrescentou.

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Aeroporto Internacional de Guarulhos; coronavírus COVID-19; Guarulhos
Política

Bolsonaro sanciona projeto de lei que prevê auxílio ao setor aéreo

O projeto de lei é originário da MP nº 925/2020, que permitiu às empresas aéreas terem mais tempo para reembolsarem passageiros que cancelarem seus voos.

athletico x coritiba
Esportes

Athletico vira nos acréscimos sobre Coritiba e é tri no Paranaense

Vitória, de virada no finalzinho, por 2 a 1 dá ao Furacão o nono título estadual sobre o maior rival. Este é o 26º título da equipe, o terceiro consecutivo.

fórmula e
Esportes

Volta da Fórmula E tem campanha contra discriminação e show lusitano

Piloto português Félix da Costa vence primeira de seis corridas que encerram a atual temporada da categoria.

Violência doméstica violência contra a mulher
Geral

SP: boletins eletrônicos de violência doméstica chegam a 5,5 mil

Número representa cerca de 20% do total de boletins deste tipo de crime elaborados no período. Registro eletrônico de violência doméstica começou em 3 de abril.

Palácio do Planalto
Política

Bolsonaro sanciona lei de negociação de dívidas das micro empresas

O Projeto de Lei Complementar 9/2020 autoriza a extinção de créditos tributários devidos pelas micro e pequenas empresas integrantes do Simples Nacional.

Testes para detecção do Covid-19
Saúde

Número de mortes por covid-19 cai 7% em uma semana

Segundo o Ministério da Saúde, houve redução de óbitos em 15 estados, entre eles Roraima, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba e Pernambuco.