Thiago Braz conquista bronze no salto com vara

Esta foi a segunda medalha do atletismo brasileiro em Tóquio

Publicado em 03/08/2021 - 11:44 Por Rafael Monteiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Campeão olímpico na Rio 2016, o paulista Thiago Braz conquistou nesta terça-feira (3) medalha de bronze na prova de salto com vara na Olimpíada de Tóquio. O atleta de 27 anos obteve como melhor salto 5,87m. A disputa aconteceu no Estádio Olímpico de Tóquio, na capital Tóquio.

Inicialmente, Thiago superou a marca de 5,55m. Em seguida, o sarrafo subiu para 5,70m e 5,80m, até chegar aos 5,87m, superando 5,82m que havia sido o melhor salto na temporada. O paulista foi eliminado na luta pelo ouro quando o sarrafo chegou em 5,92m, pois não foi possível ultrapassá-lo.

O sueco Armand Duplants levou a medalha de ouro, fixando os 6,02m. E o norte-americano Christopher Nilsen ficou com 5,97m.

Esta foi a segunda medalha conquistada pelo atletismo brasileiro em Tóquio. A primeira ficou no peito do paulista Alison dos Santos, na prova de 400 metros com barreiras. Ele atingiu a marca de 46s72.

 

Outros resultados do atletismo brasileiro

No arremesso de peso, o catarinense Darlan Romani conquistou nesta terça-feira (3) vaga na final na Olimpíada de Tóquio. Ele arremessou a 21,31m, 11 centímetros a mais que o necessário para avançar na competição. O atleta de 30 anos ficou com o segundo melhor desempenho da classificatória do Grupo A.

Darlan Romani avança às finais
Darlan Romani avança às finais - REUTERS/Dylan Martinez

A prova final será realizada nesta sexta-feira (6) às11h05 (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de Tóquio. Romani é o recordista sul-americano no arremesso do peso e ocupa a 11° colocação do ranking mundial da história da modalidade esportiva.

Na prova de 110 metros com barreira, na quarta bateria, o mineiro Rafael Pereira conseguiu avançar às semifinais. Apenas os quatro primeiros colocados seguiam na corrida pelo pódio e o brasileiro ficou na terceira posição, com o tempo de 13s46. Ele vai concorrer às semifinais ainda nesta terça-feira, ás 23h16 (horário de Brasília).

Já o brasileiro Eduardo de Deus não conseguiu ir adiante. O paulista, de 25 anos, foi o oitavo colocado na bateria 5, com o tempo de 13s18. O mesmo aconteceu com o carioca Gabriel Constantino, que foi o quinto colocado na bateria 1. Constantino alcançou o tempo de 13s55.

Edição: Marcio Parente

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Startup oferece vídeos educativos criados por crianças em sala de aula

No canal do De Criança Para Criança no YouTube - , é possível encontrar vídeos traduzidos para libras, gratuitos, que abordam temas relativos à grade curricular.