Cedae recebe novas orientações sobre abastecimento

Agência reguladora determinou que companhia siga novas regras

Publicado em 04/02/2020 - 21:07 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Rio e Janeiro (Agenersa) determinou que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) “atenda de imediato, e prioritariamente, hospitais, unidades de saúde, escolas, creches, unidades de tratamento de idosos, presídios e demais áreas sensíveis afetadas pelo desabastecimento de água, contratando, se necessário, carros-pipas”. A medida foi tomada em virtude da interrupção do abastecimento para descarga da captação na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu, gerando falta de água em vários bairros da região metropolitana do Rio. A Cedae interrompeu o fornecimento devido à presença anormal de detergente na estação de captação do Guandu.

A agência reguladora determinou que a Cedae remeta relatórios diários, até as 15h, sobre o abastecimento de água nas regiões atingidas, detalhando procedimentos adotados e os atendimentos realizados nos respectivos bairros e municípios. A Cedae também deve “disponibilizar as informações [sobre abastecimento] de forma clara, por meio de mídias de fácil acesso à população do Rio de Janeiro”.

Outra exigência foi que a Cedae envie diariamente as reclamações dos usuários sobre desabastecimento de água à ouvidoria da Agenersa.

O ofício da Agenersa encaminhado à Cedae esclarece que o cumprimento das determinações “não é impedimento para ressarcimento aos usuários, possíveis aplicações de penalidades à companhia e compensações tarifárias”.

Assim que recebeu os comunicados, a Agenersa determinou que a Companhia informasse imediatamente à população os motivos que levaram ao fechamento das comportas. A Cedae teve ainda que notificar autoridades e prefeitos dos municípios da área de atuação sobre um provável desabastecimento.

Por fim, a Agenersa esclarece que, por se tratar de detecção da presença de detergente na água, cabe ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) a investigação da origem da alta concentração do produto na captação da ETA Guandu. A estação é responsável por aproximadamente 80% do abastecimento da região metropolitana do Rio, o que deve causar intermitência no fornecimento de água.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Usuários de transporte público e motoristas de ônibus utilizam máscaras de proteção contra covid-19 na rua da Consolação
Economia

Setor de serviços cresce 5% de maio para junho, diz IBGE

Os efeitos negativos da covid-19 provocou uma retração de 18,6% no período de março a maio. Em fevereiro, mesmo antes da pandemia, o setor já havia recuado 1%.

A presidente do Conselho do Programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro, durante o Lançamento do projeto Arrecadação Solidária contra o coronavírus
Política

Primeira-dama Michelle lamenta falecimento da avó por covid-19

Maria Aparecida foi internada no dia 1º de julho no Hospital Regional de Ceilândia e chegou a ser encaminhada para a Unidade de Tratamento Intensivo. Ela faleceu na madrugada de ontem.

Sede da Polícia Federal em Brasília
Geral

PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF

Valor das contratações suspeitas de irregularidades em Roraima chega a R$ 50 milhões. Dinheiro foi utilizado na aquisição de insumos médico-hospitalares básicos para combate à covid-19.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participa do programa Voz do Brasil.
Política

Governo regulamenta serviços de retransmissão de rádio

“Iniciativa do governo federal e do Ministério das Comunicações para levar emprego aos estados do Mato Grosso, TO, AM, PA, AP, AC, RO e MA”, diz ministro.

Aplicativo Caixa Tem
Economia

Caixa libera saque de auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas

O crédito na poupança social para os beneficiários nascidos em maio foi feito no dia 5 deste mês.

vacina, Moderna, imagem ilustrativa
Internacional

Argentina e México vão produzir vacina da Oxford

Entrega é prevista a partir da primeira metade de 2021, em função dos resultados dos estudos da Fase 3 de testes e das aprovações regulatórias. Brasil também firmou acordo com a AstraZeneca.