Governo prorroga contratos de regularização fundiária do Incra

Prorrogação terá um impacto financeiro de R$ 6,7 milhões até 2023

Publicado em 29/07/2020 - 21:34 Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil  - Brasília

O presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória (MP) 993, que prorroga 27 contratos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) por três anos, até 28 de julho de 2023. Segundo o governo federal, a prorrogação dos contratos será importante para reduzir a quantidade de regularizações fundiárias pendentes na região da Amazônia Legal.

Os 27 contratos foram firmados desde julho de 2014. Segundo o governo federal, a prorrogação dos contratos terá um impacto financeiro de R$ 6,7 milhões até 2023. Questionado pela reportagem a respeito do teor dos contratos, o Incra não se manifestou. A MP foi publicada hoje (29) no Diário Oficial.

Com mais de 60 mil ocupações rurais georreferenciadas na região, o Incra tem uma demanda de aproximadamente 26 mil interessados por regularização de terras. A MP segue para apreciação do Congresso Nacional, onde será votada na Câmara e no Senado.

Edição: Liliane Farias

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias