Defesa Civil: mais de 40 cidades de Pernambuco estão em emergência

Chuva não deve dar trégua no Nordeste pelos próximos 60 dias

Publicado em 31/05/2022 - 20:15 Por Agência Brasil - Brasília

Mais de 40 cidades de Pernambuco decretaram ou estão em processo de decretar situação de emergência por conta das chuvas que atingem a Região Nordeste do país. Há ainda municípios em situação similar em Alagoas e no Rio Grande do Norte. O relato é do secretário Nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas Alves.

Em entrevista ao programa A Voz do Brasil, ele avaliou que a situação em Pernambuco ainda é crítica, já que há desaparecidos em meio aos mais de 100 mortos confirmados. “Ainda chove aqui na região e isso traz um problema tanto para as forças de segurança que estão nas ações de busca e resgate como nas demais ações de socorro, assistência e resposta ao desastre”.

O secretário lembrou que, para que o governo federal possa liberar recursos diretamente aos estados e municípios atingidos por eventos climáticos importantes, é necessário que o ente federativo decrete situação de emergência, delimite a área do desastre e levante os danos. A Defesa Civil Nacional, então, analisa a documentação e publica o reconhecimento federal.

“A partir desse documento, os ministérios podem atuar em apoio aos municípios e todo o sistema federal pode mudar os processos administrativos para agilizar o atendimento aos afetados”, explicou.

Sistema de alertas

O coronel destacou que o sistema de alertas da Defesa Civil Nacional configura o principal instrumento pra evitar mortes em situações como a registrada em Pernambuco. Segundo ele, qualquer brasileiro pode enviar um SMS para o número 40199 e informar o CEP residencial para receber alertas do governo federal, estadual e municipal no celular. 

“Recebendo alertas de chuva forte ou de evento climático importante, também virão junto ações de autoproteção e de proteção comunitária que, junto com as ações de proteção públicas, podem e muito impedir mortes como as que estamos vivendo no Nordeste”, disse.

“Para o Nordeste, é importante lembrar que ainda temos 60 dias de chuvas pela frente. É um período que está começando agora, um período crítico. Muita chuva ainda pode cair. É importante que toda a população dessa região cadastre o seu celular no 40199, receba os alertas, esteja atenta às orientações da defesa civil e, principalmente, tenha a percepção do risco e adote medidas de autoproteção.”

Assista à entrevista em A Voz do Brasil:

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Últimas notícias