PF faz operação contra caça de mico-leão-dourado no RJ

Armadilhas para captura foram observadas em área de proteção ambiental

Publicado em 01/03/2024 - 10:56 Por Vinicius Lisboa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram nesta sexta-feira (1) operação para combater a caça ilegal de micos-leões-dourados em reservas de mata atlântica no Rio de Janeiro, seu único habitat na natureza.

A Operação Anhangá se baseia em investigações que tiveram início em novembro de 2023, quando foram encontradas armadilhas para captura desses animais em área de proteção ambiental federal na cidade de Rio Bonito, que fica no este da região metropolitana.

Ao divulgar a operação, a PF ressalta que as cidades fluminenses de Rio Bonito, Silva Jardim e Casimiro de Abreu são as únicas áreas de ocorrência do mico-leão-dourado na natureza.

Mandados

Os policiais federais buscam cumprir três mandados de busca e apreensão na cidade de Magé, também na região metropolitana da capital fluminense. As ordens foram expedidas pela 2ª Vara Federal de Niterói.

Os investigados vão responder pela caça, o transporte clandestino, a manutenção dos animais em cativeiro, os maus-tratos e a receptação qualificada. A PF acrescenta que pode haver aumento de pena, porque o crime é decorrente de caça profissional e praticado contra espécie ameaçada de extinção.

A Justiça determinou ainda que seja feito monitoramento eletrônico dos suspeitos e também proibiu que tenham acesso ou frequência a unidades de conservação e seu entorno.

Símbolo da fauna brasileira

Os esforços para proteger o mico-leão-dourado tiveram início na década de 1970, com os primeiros estudos e iniciativas para proteger a espécie, e têm surtido efeito nos últimos anos.

Uma pesquisa divulgada no ano passado pela Associação Mico-Leão-Dourado indicou que o número de animais no Rio de Janeiro quase dobrou de 2019 para 2023, passando de 2,5 mil para 4,8 mil.

Um dos símbolos da fauna brasileira e homenageado na nota de R$ 20, o mico-leão-dourado é um animal pequeno, medindo entre 20 e 26 centímetros, com comprimento caudal entre 31 e 40 centímetros. O adulto pesa entre 300 e 710 gramas.

Esses animais são descritos pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) como uma espécie altamente social, que costuma ser encontrada na natureza, em grupos de dois a oito indivíduos, frequentemente constituídos por membros da mesma família. Ao encontrar um par, o mico-leão-dourado se mantém fiel por toda a vida.

Edição: Graça Adjuto

Últimas notícias