Água contaminada é transferida de Fukushima de forma errada

Publicado em 14/04/2014 - 06:36 Por *Da Agência Brasil - Brasília

Cerca de 203 toneladas de água altamente radioativa da Central Nuclear de Fukushima, no Japão, foram transferidas para instalações que não estavam preparadas para receber, informa comunicado da central.

A água contaminada foi extraída por quatro bombas "que não deviam estar funcionando" e enviadas para o porão central, em vez de ser encaminhada aos tanques especialmente preparados para esse fim,  disse o porta-voz da Tokyo Electric Power (Tepco), a operadora de Fukushima.

A empresa descartou o risco de contaminação da água que é transferida para fora das instalações da Central de Fukushima Daiichi, que também atinge o Oceano Pacífico, disse o porta-voz.

Esse último incidente ocorre depois de a Tepco ter anunciado, no sábado (12), que o nível de radioatividade de um vazamento de água contaminada, em 2013, acabou sendo 3,5 vezes maior do que o estimado inicialmente.

O principal desafio dos milhares de técnicos que trabalham diariamente em Fukushima é conseguir gerir a enorme quantidade de água contaminada que se acumula nos depósitos e porões dos reatores afetados.

*Com informações da Agência Lusa

Edição: Graça Adjuto

Últimas notícias