Itamaraty condena atentados no Afeganistão

Brasil pede respeito a direitos humanos e acesso de ajuda humanitária

Publicado em 26/08/2021 - 20:46 Por Agência Brasil - Brasília

O Ministério das Relações Exteriores divulgou nesta quinta-feira (26) nota em que “condena, nos mais fortes termos, os atentados registrados nas imediações do Aeroporto Internacional Hamid Karzai, em Cabul”, no Afeganistão. A explosão deixou pelo menos 12 soldados norte-americanos mortos e feriu mais 15, no pior dia de baixas para as forças norte-americanas em uma década. O ataque foi reivindicado Estado Islâmico.

“Ao transmitir condolências às famílias atingidas e ao povo afegão, o governo brasileiro exorta todos os atores envolvidos a garantir a proteção dos civis, o respeito ao Direito Internacional Humanitário, inclusive o acesso desimpedido da ajuda humanitária, e o respeito aos direitos humanos, em especial de mulheres e meninas”, afirma a nota.

A explosão, que ocorre em meio a um enorme esforço para a retirada de pessoas do Afeganistão, após a tomada do país pelo Talibã, parece ter sido causada por um ataque suicida com bomba, disseram autoridades norte-americanas, citando um relatório inicial.

Com a voz embargada, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu que o país vai caçar os responsáveis pelas duas explosões ocorridas nesta quinta-feira no aeroporto da capital afegã. Em pronunciamento, Biden disse que pediu ao Pentágono que desenvolva planos de ataque aos militantes islâmicos responsáveis pela ação.

*Com informações da Reuters

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias