Japão combaterá desinformação nas redes sociais

Rússia usou esses métodos contra a Ucrânia

Publicado em 28/01/2023 - 13:26 Por NHK - emissora pública do Japão - Tóquio

O governo japonês está efetuando preparativos para criar no próximo ano uma nova repartição para lidar com a propagação de desinformação.

Especialistas afirmam que a disseminação de desinformação através de redes sociais poderia influenciar a opinião pública e provocar convulsão social. Alguns analistas dizem que a Rússia utilizou tais métodos contra a Ucrânia e que a China fez o mesmo contra Taiwan.

O secretário-chefe do Gabinete do Japão, Matsuno Hirokazu, declarou que a disseminação de informações falsas [fake news] ameaça não apenas os valores universais, mas também pode afetar a segurança.

Como funcionará

O governo planeja estabelecer o novo setor no Secretariado do Gabinete em abril de 2024 como preparação para potenciais campanhas de desinformação oriundas do exterior.

A nova repartição vai contar com especialistas da pasta da defesa, da chancelaria, do Escritório de Inteligência e Pesquisa do Gabinete e de outros órgãos. Eles vão trabalhar em conjunto para identificar com rapidez tais campanhas e divulgar informações precisas.

Últimas notícias