STF suspende 5 processos baseados em acordo de leniência da Odebrecht

Elementos foram anulados após Sergio Moro ser considerado parcial

Publicado em 14/03/2023 - 21:16 Por Agência Brasil  - Brasília

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou hoje (14) a suspensão de cinco processos baseados em provas da Operação Lava Jato que foram anuladas pela Corte. 

As ações penais envolvem o ex-senador Edison Lobão, o ex-presidente da Eletronuclear Othon Pinheiro da Silva, o advogado Rodrigo Tacla Duran, entre outros. 

As provas dos processos estavam baseadas nos acordos de leniência da Odebrecht, documentos que tiveram parte da validade anulada pela Corte. 

Os elementos foram considerados imprestáveis para a investigação após a decisão que considerou o ex-juiz Sergio Moro parcial e determinou a anulação de diversos processos oriundos da Lava Jato. 

Edição: Aline Leal

Últimas notícias
Geral

PM que matou jovem no Complexo da Maré é denunciado à Justiça

Crime foi cometido na manhã de 8 de fevereiro, no Rio de Janeiro, na Avenida Brasil, próximo à passarela 9, durante manifestação de moradores que ocorria no local.