Ricardo Lodi disse que não pode haver impeachment sem materialidade e dolo

Publicado em 27/08/2016 - 21:50 Por Da Agência Brasil* - Brasília

O prefessor Ricardo Lodi da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), último a ser ouvido nesta etapa da sessão de depoimentos de testemunhas da defesa e da acusação do processo de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, respondeu, durante questionamentos dos senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Fátima Bezerra (PT-RN), que não pode haver impeachment sem crime de responsabilidade, materialidade e dolo da presidenta. Lodi está sendo ouvido como informante e não como testemunha.

Brasília - Professor de Direito da Uerj, Ricardo Lodi é ouvido na condição de informante durante o terceiro dia da sessão de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff (Marcelo Camargo/Agência

Professor de Direito da Uerj, Ricardo Lodi, disse que não houve crédito, que seria vedado, mas apenas uma obrigação legalMarcelo Camargo/Agência Brasil

Lodi também disse, após ser questionado pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que em 2015 o Tribunal de Contas da União (TCU) mudou o entendimento sobre as operações entre os bancos públicos e a União. Para ele, não houve crédito, que seria vedado, mas apenas uma obrigação legal. 

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) negou-se a questionar Lodi, pelo fato do professor ter sido advogado de Dilma junto ao Tribunal de Contas da União.

O senador Cristóvam Buarque (PPS-DF) perguntou se Lodi percebeu se houve, em algum momento do processo, cerceamento ao direito de defesa da presidenta. O professor respondeu que, aparentemente, não, mas ele acredita que, desde que o processo estava na Câmara, há mais uma avaliação geral do governo de Dilma Rousseff e do que uma investigação da culpabilidade da presidenta pelos crimes de que é acusada.

* Com informações da Agência Câmara

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
FILE PHOTO: Athletics - Paris Marathon
Esportes

Covid-19: Maratona de Paris reagendada para novembro é cancelada

Organizadores atribuem decisão a ressurgimento de casos na capital francesa. Evento costuma atrair cerca de 40 mil participantes e só voltará a ocorrer na edição de 2021. 

Brasília - Movimento nas rodovias do Distrito Federal na véspera do feriado de Carnaval (Elza Fiuza/Agência Brasil)
Economia

Pesquisa mostra que brasileiro viajou pouco no 3º trimestre de 2019

Os principais motivos alegados para nenhum morador do domicílio ter viajado no período pesquisado foi a falta de dinheiro (48,9%), falta de tempo (18,5%) e não ter necessidade (13,5%).

Internacional

Bielorrússia e Líbano são temas de reunião da UE na sexta-feira

"As eleições não foram nem livres nem justas. Procederemos a uma revisão aprofundada das relações da UE com a Bielorrússia, afirmaram em comunicado os 27 países do bloco.

Forte explosão na região portuária de Beirute
Política

Missão brasileira embarca com 6 toneladas de material a Beirute

Chefiada pelo ex-presidente Michel Temer, a missão leva 6 toneladas de materiais entre medicamentos, e alimentos a Beirute, que foi fortemente afetada por uma explosão há oito dias.

Fachada da Caixa Econômica Federal
Economia

Caixa credita hoje auxílio emergencial para nascidos em julho

O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia de covid-19.

Londres, coronavírus, covid - 19
Internacional

Museu da Ciência reabrirá em Londres no próximo dia 19

Museu oferece ingressos online com hora marcada para um número reduzido de visitantes, a fim de permitir o distanciamento social e controlar a movimentação.