Procurador Eduardo El Hage diz que Rio de Janeiro vive dia triste

Coordenador da Lava Jato no Rio, ele rebateu acusações de Witzel

Publicado em 28/08/2020 - 16:46 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

O procurador da República, Eduardo El Hage, coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro, rebateu acusações feitas pelo governador afastado Wilson Witzel, que se disse vítima de perseguição política.

Durante a coletiva de imprensa em que detalhou a operação Tris in idem, desencadeada em conjunto com a Polícia Federal, El Hage afirmou que as investigações se sustentam e que não houve qualquer motivação política.

A ação, um desdobramento das Operações Favorito e Placebo, cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra agentes públicos, políticos e empresários, suspeitos de envolvimento em crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, especialmente em compras efetuadas durante a pandemia de Covid-19.

Segundo o procurador, a partir das investigações foi possível reunir provas robustas contra Witzel.

Como exemplo de provas que pesam contra o governador afastado, Eduardo El Hage narrou que as investigações encontraram e-mails encaminhados por Wilson Witzel. As mensagens envolveriam contratos entre o escritório da primeira-dama, Helena Witzel, e empresas citadas na delação premiada Edmar Santos, ex-secretário estadual de Saúde.

Diante do material coletado, El Hage garantiu que o pedido de afastamento do cargo era a única solução que poderia ser tomada.

O Ministério Público Federal chegou a pedir a prisão de Witzel, mas o ministro Benedito Gonçalves entendeu ser suficiente o afastamento do cargo.

Durante a coletiva, o superintendente Regional da PF no Rio de Janeiro, Tácio Muzzi, detalhou o andamento da operação, que também cumpriu mandado de busca e apreensão contra o vice-governador, Cláudio Castro, e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, André Ceciliano.

Entre os presos nesta sexta-feira estão o presidente Nacional do PSC, Pastor Everaldo, e o ex-secretário de desenvolvimento do Rio de Janeiro e antigo braço direito de Witzel, Lucas Tristão.

 

 

Ouça também

Witzel diz que faltam provas sobre sua participação em irregularidades e critica MP

Em decisão do STJ, Wilson Witzel é afastado do cargo por 180 dias

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Direitos Humanos

Este domingo é o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

O Centro Cultural Banco do Brasil promove, a partir das14h, conversas públicas presenciais em suas unidades, para ampliar o conhecimento e envolver a todos nos diferentes aspectos que caracterizam esta luta, que deve envolver todos os brasileiros com ou sem deficiência.

Baixar arquivo
Geral

Começa a Semana Nacional do Transito que discute a redução de mortes

Começou neste sábado,  e vai até o dia 27 deste mês, a Semana Nacional de Trânsito, com atividades de educação, conscientização e fiscalização nas ruas e estradas do país. Neste ano, o tema é ‘trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Baixar arquivo
Geral

Decreto permite a Anatel ampliar acesso a internet

Um decreto sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro dá poder para a Anatel firmar compromissos com as operadoras de telecomunicações que ampliem o acesso à internet, especialmente nas localidades com baixa ou nenhuma conectividade.

Baixar arquivo
Saúde

Inca lança aplicativo para facilitar o cadastro de doadores de órgãos

O Redome, Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea, coordenado pelo Inca, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, lançou neste sábado um novo aplicativo para facilitar o cadastro de doadores de órgãos.

Baixar arquivo
Saúde

Programa Nacional de Imunizações completa 48 anos

Nos últimos meses quando se fala em Programa Nacional de Imunizações, o PNI, vem logo à mente a vacinação contra a covid-19.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Fogo que atinge a Chapada dos Veadeiros já consumiu 15,5 mil hectares

O incêndio que começou no último domingo, 12 de setembro, no Vale da Lua, na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, continua ativo em duas frentes na região. Ao todo, o fogo já consumiu uma área de Cerrado equivalente a mais de 15,5 mil hectares.

Baixar arquivo