Witzel pede ao STF que afastamento não passe de 180 dias

Ele alega que um prazo maior contraria a Constituição Federal

Publicado em 04/03/2021 - 21:56 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, pediu ao Supremo Tribunal que o afastamento do cargo de governador seja por recebimento de denúncia em processo por crime comum, instauração de processo por crime de responsabilidade ou por medida cautelar penal não ultrapasse 180 dias.

Afastado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), ele alega que um prazo maior contraria as Constituições Federal e Estadual. O relator da ação no STF é o ministro Edson Fachin.

Witzel relata que, em agosto de 2020, o Superior Tribunal de Justiça determinou o seu afastamento cautelar das funções pelo prazo de um ano. E lembra que o Tribunal Misto que analisa seu impeachment suspendeu o prazo para a conclusão do processo até que o STJ conclua a análise do depoimento de uma testemunha.

Wilson Witzel alega que a Constituição Federal prevê que o prazo máximo de afastamento do presidente da República, em caso de admissão da acusação de crimes de responsabilidade ou comuns, é de 180 dias e que a Constituição fluminense prevê o mesmo prazo para o governador.

Já o Código de Processo Penal estabelece, como medida cautelar diversa da prisão, a suspensão do exercício de função pública quando houver justo receio de sua utilização para a prática de infrações penais.

Witzel alega que, com o recebimento da denúncia, ele pode ficar afastado por mais de 180 dias em razão da renovação da medida cautelar. Outra possibilidade, segundo ele, é o afastamento por força de medida cautelar e, sucessivamente, a instauração de processo de impeachment voltado à apuração de crime de responsabilidade.

A seu ver, essa possibilidade contraria a norma constitucional, pois, qualquer que seja o motivo do afastamento durante o processo, ele não pode ultrapassar 180 dias. Assim, solicita interpretação conforme a Constituição Federal para evitar essa hipótese.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Auxílio emergencial: beneficiários podem movimentar dinheiro com Pix

A partir de 30 de abril, quem recebe o auxílio emergencial poderá movimentar o dinheiro do benefício usando o

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Novo carregamento com o IFA da vacina Oxford deve chegar sábado

Um novo carregamento de ingrediente farmacêutico ativo para a produção de vacinas da Oxford/Astrazeneca deve chegar da China neste sábado, dia 24. A quantidade será suficiente para que o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos da Fiocruz produza nove milhões de doses da vacina contra a covid-19, que devem ser incorporadas ao Programa Nacional de Imunizações, a partir de meados de maio 

Baixar arquivo
Geral

Tempestade subtropical é responsável por chuva e mar agitado no Rio

A tempestade subtropical batizada de Potira é a responsável pela chuva intermitente registrada nos últimos dias no Rio de Janeiro. Potira, nome que em tupi-guarani significa “flor”, também tem deixado o mar bastante agitado e, de acordo com a Marinha, há risco de ressaca.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz apresenta animação 3D sobre efeitos da vacina contra covid-19

O que acontece no corpo humano após a aplicação da vacina contra a covid‑19? Foi pensando em esclarecer essa questão, que a Fundação Oswaldo Cruz lançou uma animação 3D.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Bolsonaro reforça compromisso em reduzir desmatamento ilegal até 2030

Em discurso na Cúpula de Líderes sobre o Clima, presidente ainda destacou a importância do desenvolvimento sustentável para a Amazônia e colocou o Brasil à disposição para somar forças no combate às mudanças climáticas. 

Baixar arquivo
Geral

Começa em maio a vacinação contra febre aftosa em bovinos e búfalos

A partir de 1° de maio, bovinos e búfalos de todas as idades deverão ser vacinados contra a febre aftosa em 21 estados. A expectativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento é imunizar 170 milhões de animais.
 

Baixar arquivo