Niterói e São Gonçalo ampliam medidas de isolamento social

Em Niterói, foi adotado um lockdown, ou seja, uma medida de isolamento

Publicado em 11/05/2020 - 08:10 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Os municípios de Niterói e São Gonçalo, no Grande Rio, adotam - a partir de hoje (11) - medidas mais rigorosas de isolamento social para evitar a expansão do novo coronavírus. Juntos, as duas cidades concentram cerca de 1.200 casos confirmados e 90 mortes por covid-19, segundo dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.

Em Niterói, foi adotado um lockdown, ou seja, uma medida de isolamento rígido, com permissão de deslocamento apenas por força de trabalho, para ida a serviços de saúde, a estabelecimentos autorizados a funcionar e para a compra de alimentos e medicamentos.

As pessoas que estiverem nas ruas poderão ser abordadas por autoridades e terão que esclarecer o motivo do deslocamento. Niterói também restringirá o acesso à cidade de moradores de outros municípios.

Já em São Gonçalo, o lockdown atingirá apenas o centro da cidade e o bairro de Alcântara, principais centros comerciais do município. Nesses locais só poderão funcionar estabelecimentos essenciais e será proibida a permanência de pessoas nas ruas e outras áreas públicas.

Os seguintes estabelecimentos são considerados essenciais e poderão continuar funcionando: farmácias, hipermercados, supermercados, mercados e centros de abastecimento de alimentos, padarias, pet shops, postos de combustíveis, restaurantes e lanchonetes (os dois últimos apenas para entregas em domicílio).

As medidas serão adotadas até a próxima sexta-feira (15) nos dois municípios, mas as prefeituras avaliarão se será necessário estender o prazo.

Outros municípios também estão endurecendo medidas, como Búzios, que adotou um toque de recolher das 23h às 6h, que impede o deslocamento pela cidade nesse horário, exceto em casos específicos.

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias