Prefeitura do Rio inaugura leitos no hospital de campanha no Riocentro

Chegada de equipamento médico da China deverá viabilizar mais leitos

Publicado em 01/05/2020 - 08:37 Por Victor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou hoje (1º) os primeiros 100 leitos dos 500 previstos para o hospital de campanha montado no centro de convenções Riocentro, na zona oeste da cidade. A unidade temporária foi montada para receber pacientes infectados com covid-19.

Dos 100 leitos abertos hoje, 20 são de terapia intensiva (UTI) e 80 de enfermaria. A previsão, segundo o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, é que os 400 leitos restantes (80 de UTI e 320 de enfermaria) sejam abertos assim que chegarem, da China, 300 respiradores comprados pelo município. A previsão é que esse equipamento chegue até o fim da próxima semana.

Além da inauguração dos leitos restantes, os respiradores permitirão, de acordo com o prefeito, que sejam ampliadas vagas em outros hospitais da rede, inclusive o Ronaldo Gazolla, que se tornou referência no tratamento da doença no município.

Estado

Esse é o segundo hospital de campanha inaugurado na cidade do Rio de Janeiro. O primeiro foi inaugurado, também de forma parcial, no bairro do Leblon. A unidade do Leblon, que terá 200 leitos (dos quais 100 são de UTI), começou a funcionar com apenas 30.

Outros 1.600 leitos estão previstos em mais oito hospitais de campanha, que deverão ser inaugurados até o fim do mês pelo governo do estado. O próximo a ser inaugurado deve ser a unidade do Maracanã.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias