Últimas notícias Tribunal Penal Internacional

Internacional

Brasil e mais 34 países declaram apoio a Tribunal Penal Internacional

À margem da 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, assinou, no último dia 27, em Nova York, declaração em apoio ao Tribunal Penal Internacional (TPI), em conjunto com chanceleres de outros 34 países. Segundo o Itamar

Internacional

Brasil não apoia investigar crime contra humanidade na Venezuela

Após encontro com o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, disse hoje (28) que o Brasil não vai se unir à

Internacional

TPI recebe pedido para investigar crime contra humanidade na Venezuela

A promotoria do Tribunal Penal Internacional (TPI) confirmou hoje (27) ter recebido o pedido apresentado por seis países (Colômbia, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Canadá) para investigar a ocorrência de crimes contra a humanidade na Venezuela desde 12 de fevereiro de 2014.

Internacional

ONU pede que Tribunal Internacional investigue abusos na Venezuela

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad al Hussein, recomendou, nesta sexta-feira (22), que o Tribunal Penal Internacional (TPI) "se envolva" no caso dos graves abusos cometidos na Venezuela, devido à inércia do Estado.

O presidente reeleito da Venezuela, Nicolás Maduro assumiu hoje e fez o juramento de posse
Internacional

OEA enviará ao TPI relatos de crimes contra a humanidade na Venezuela

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, disse hoje (29) que vai remeter ao Tribunal Penal Internacional (TPI) o relatório publicado por um painel de especialistas independentes nomeados por ele que acusa o presidente Nicolás Maduro e a alta cúpula de seu governo de crimes contra a humanidade (http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-05/oea-decide-se-denuncia-venezuela-ao-tpi-por-crimes-contra-humanidade). Segundo Almagro, o relatório também será usado como base para gestões junto a países da OEA para que denunciem ao tribunal os responsáveis pelos crimes.