Homem é detido por tentar aproximar-se da urna da rainha Elizabeth II

Corpo da monarca será velado até segunda-feira

Publicado em 17/09/2022 - 11:08 Por RTP* - Lisboa

A policia britânica deteve um homem, na noite de sexta-feira, após o que considerou como um "distúrbio" no Palácio de Westminster Hall, no edifício do parlamento, onde está o corpo da rainha Elizabeth II.

Autoridades parlamentares explicaram hoje que um homem saiu da fila, em que milhares de pessoas esperam para ver a rainha, e tentou aproximar-se da urna na sua plataforma.

A polícia metropolitana disse que o homem foi detido por suspeita de ofensa à ordem pública.

Desde quarta-feira, dezenas de milhares de pessoas passam continuamente pelos dois lados da urna da monarca no Palácio de Westminster, que tem estado aberto 24 horas por dia.

A urna com o corpo da monarca encontra-se envolta no estandarte real e com a Coroa Imperial do Estado, em cima sobre uma plataforma elevada.

O local estará aberto até às 6h30 de segunda-feira, dia do funeral.

Na sexta-feira, as autoridades pararam temporariamente de permitir que mais visitantes se juntassem à fila, que está ao redor do Southwark Park, a cerca de 8 km do Parlamento.

Durante a noite, os voluntários distribuíram cobertores e chá para as pessoas na fila, quando a temperatura caiu para 6 graus Celsius.

As pessoas continuaram a entrar silenciosamente no Westminster Hall, mesmo quando os quatro filhos da rainha - o rei Charles III, a princesa Ana, o príncipe André e o príncipe Eduardo - ficaram em vigília ao redor do caixão coberto de bandeiras, por 15 minutos na noite de sexta-feira.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.

Últimas notícias