UFSCar contribui no combate à covid-19 com álcool e máscaras

Universidade está produzindo material de proteção para doação

Publicado em 10/04/2020 - 17:27 Por Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está colocando seu conhecimento, equipe e capacidade de produção a serviço do combate à covid-19. O Centro de Ciências Agrárias (CCA) da instituição, no campus Araras, está produzindo álcool glicerinado, álcool 70% e máscaras de proteção face shield – transparente, que cobre todo o rosto - para doar à Secretaria Municipal de Saúde de Araras, no interior paulista.

“Essa é mais uma ação da UFSCar em benefício da comunidade. Estamos cumprindo nosso papel social. Agradeço a todos da universidade que estão atuando de forma direta ou indireta na batalha contra o novo coronavírus”, disse a reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann. Docentes, técnico-administrativos e estudantes estão participando da ação.

A UFSCar informou que a necessidade da rede municipal de Saúde de Araras é de produtos de proteção e desinfecção e, a partir de discussões com o grupo do CCA, os profissionais se uniram para a produção de álcool e máscaras.

A universidade recebeu doação de álcool, mas com teor acima de 70%, por isso precisou processar o produto em seus laboratórios. Com mil litros de álcool etílico foram produzidos aproximadamente 1.300 litros de álcool glicerinado e de limpeza.

“Com a doação da Usina [Santa Lúcia], a diretoria do CCA se organizou com a logística de transporte e a compra de insumos para a produção do álcool 70% e glicerinado. Também foi adquirida a matéria-prima para a produção de máscaras em duas impressoras 3D, uma de um professor e outra da universidade”, disse o diretor do centro, Ricardo Fujihara. 

Parceria

Uma parceria entre a UFSCar e a prefeitura de São Carlos possibilitou que matérias-primas para a produção de máscaras face shield chegassem até a universidade. O material foi adquirido em empresas localizadas em Guarulhos e Vinhedo, por meio de doações de voluntários de São Carlos. A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social e a Secretaria da Saúde de São Carlos fizeram o transporte desses materiais até a instituição de ensino.

 “Com essa matéria-prima, vamos produzir aproximadamente mil máscaras de proteção face shields e, assim, ampliar a distribuição para novas unidades”, disse o professor Rafael Vidal Aroca, diretor da Agência de Inovação da UFSCar.

Até a tarde de quinta-feira (9), apenas o campus São Carlos já havia distribuído 388 máscaras. Para a proteção da Guarda Municipal e da Defesa Civil de São Carlos, 40 máscaras foram entregues para a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Voltar ao topo da página