Facilidades oferecidas por email são mentirosas

Golpe

Publicado em 16/09/2019 - 17:36 Por Sayonara Moreno - Brasília

Quem nunca recebeu mensagens no e-mail ou até pelo whatsapp, oferecendo empregos irrecusáveis, facilidades na compra de produtos ou até mesmo ameaça de bloqueio de algum serviço? Tem cara de golpe, mas muita gente continua caindo nessa!

 

Nos últimos dias, dois avisos que chegam pelas redes podem trazer, no futuro, dor de cabeça aos usuários: um deles é ameaça de cancelamento do Título de Eleitor. Na mensagem, os golpistas escrevem em nome do TSE, Tribunal Superior Eleitoral.

 

Preocupado com o tanto de gente que pode cair na armadilha, o TSE alerta os eleitores que são mensagens falsas enviadas apenas para coletar informações das pessoas. Os comunicados pedem que os eleitores atualizem a situação cadastral, fornecendo dados importantes para a atuação de criminosos. O tribunal faz questão de informar que a justiça eleitoral NUNCA envia comunicados por e-mails ou mensagens de celular. Exceto aos cadastrados como mesários, mas somente se autorizarem antes.

 

Outro caso é oferta de emprego, sem exigir experiência, no corpo de bombeiros, com salários que chegam a quase sete mil reais: para muita gente, está na cara que é um golpe daqueles, mas ainda há quem acredite, sobretudo com a esperança de conseguir um emprego. Ao cair nessa armadilha virtual, a vítima acaba informando dados pessoais, como nome completo e telefone.

 

O corpo de bombeiros do Distrito Federal alerta que é importante conferir o endereço eletrônico de onde vêm as mensagens. No caso da corporação, são e-mails que terminam com cbm.df.gov.br.

 

Antes que seja tarde demais, o melhor mesmo é sempre checar as informações com a instituição citada: seja no site oficial, uma pesquisa na internet ou por telefone, e lembrar sempre de um ditado que diz: “laranja madura na beira da estrada, está bichada ou tem marimbondo no pé”.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Libertadores: Independiente Del Valle vence Flamengo de goleada

O retorno do Flamengo à Libertadores da América não foi nada bom. O Independiente Del Valle não tomou conhecimento do atual campeão e massacrou o Rubro-negro com uma vitória por 5 a 0, no Estádio Casa Blanca, em Quito. O time equatoriano chegou a 9 pontos e é líder isolado do Grupo A. O Flamengo permanece com 6 pontos, na segunda posição.
 

Baixar arquivo
Esportes

Botafogo vence Vasco e tem vantagem no jogo de volta da Copa do Brasil

O Botafogo saiu na frente no duelo com o Vasco pela quarta fase da Copa do Brasil. Em uma partida com poucas chances de gol, no Estádio Nilton Santos, o Alvinegro aproveitou melhor as oportunidades e venceu por 1 a 0, com gol de Babi.

Baixar arquivo
Geral

Semana de Trânsito reforça o papel de cada um para o bem coletivo

A cada 60 minutos, em média, pelo menos cinco pessoas morrem vítimas de acidente de trânsito no Brasil, segundo dados da pesquisa do CFM, o Conselho Federal de Medicina, realizada em 2019.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Queimados, sem comida ou casa: animais do Pantanal sofrem com fogo

Hoje, os bichos estão morrendo queimados ou sufocados. Também não conseguem refúgio ou alimento. Mas esse é só o começo, segundo especialistas: mesmo depois das chuvas, até os peixes vão sofrer com os incêndios florestais.

Baixar arquivo
Saúde

Números da Covid-19 desaceleraram no país na 2ª semana de setembro

No período analisado, o Brasil teve uma queda de 30% em relação à semana anterior. Mesmo assim,  o Brasil é o terceiro em número de casos e o segundo com a maior quantidade de mortes no mundo.

Baixar arquivo
Política

Em live, Bolsonaro diz que é contra privatizar Caixa e Banco do Brasil

Presidente também comentou decisão do STF sobre decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello de suspender um inquérito que apura as declarações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro

Baixar arquivo